25 anos de Tomb Raider: Um marco na história dos games

Uma das principais figuras femininas dos games ganha comemoração especial cheia de nostalgia

Praticamente todos que cresceram nos anos 90 e 2000 conhecem Lara Croft. Com o boom dos consoles de videogame e, especialmente com a ascensão do clássico Playstation, um dos jogos mais populares foi Tomb Raider.

Este ano, a franquia completou 25 anos de trajetória, que não se limitou apenas aos jogos eletrônicos. Foram livros, filmes, cosplays e inúmeras inspirações que vieram da jovem exploradora.

Para comemorar, a Insight Editions lançou um livro em edição especial que mostra as receitas culinárias mais tradicionais dos locais onde Lara já se aventurou. Japão, México, França, Egito, Inglaterra… como deve imaginar, a lista é extensa.

25 anos de Tomb Raider: Um marco na história dos games

Lara foi uma das primeiras figuras femininas a ganhar papel de destaque em videogames. Corajosa, exploradora e ousada, sua aparição – inspirada em Indiana Jones – foi uma porta de entrada para um universo onde garotas podem ser o que quiserem, como arqueólogas ou gamers. Seu surgimento levantou debates importantes sobre a igualdade de gênero na mídia.

No cinema, Lara apareceu primeiro em 2001 através de Angelina Jolie, que possibilitou que sua imagem fosse mais divulgada e prestigiada pelo público. Mais tarde, em 2018, uma outra versão foi lançada com base na nova geração da franquia: a Survivor, interpretada por Alicia Vikander.

Além disso, Tomb Raider foi um marco cultural porque tornou possível que as pessoas olhassem para a evolução da tecnologia e da indústria gráfica na programação.

Mesmo depois de seu primeiro lançamento em 1996, a Square Enix continua trabalhando Lara Croft para novos públicos. Quem não se lembra dos icônicos peitos triangulares da personagem nos primórdios da franquia?

25 anos de Tomb Raider: Um marco na história dos games
25 anos de Tomb Raider: Um marco na história dos games

Com certeza esses 25 anos não serão os únicos de Lara Croft. Isso porque sua presença não ficou restrita ao passado, mas é constantemente homenageada e renovada para a atualidade. Enquanto existir uma indústria de games, o retrato da inglesa sempre estará lá como um exemplo.

Post anterior
Imagem Divulgação - Porta dos Fundos

Porta dos Fundos divulga cartaz de seu especial de Natal: “Te Prego lá Fora”

Próximo post

Quem são os favoritos do People’s Choice Awards?

Posts Relacionados