O uso de chatbots, também conhecidos como robôs digitais, vem aumentando cada vez mais, isso por causa da sua eficácia na resolução de problemas no atendimento com os clientes e aumento de conversão no e-commerce. No ano de 2020, 40% dos usuários de compras por plataformas conversacionais (C-Commerce) fizeram sua primeira compra online por esse método.
 
O atípico ano de 2020 ainda está marcado como o ano em que as empresas foram forçadas acelerarem seus processos de digitalização. Por isso, programas que permitem conversação (chatbot) tiveram um aumento significativo no último ano. Só a empresa Yalo Chat, plataforma de comércio de conversação, registrou um aumento de 146% no total de trocas de mensagens pela plataforma entre 2019 e 2020, aumentando em 5 vezes de tamanho nos últimos 18 meses.
 

Em 2019, o comércio feito por plataformas conversacionais (C-Commerce) para México, Índia e Brasil foi de 5,4 bilhões de dólares e hoje acontecem mais de 11 bilhões de trocas de mensagem em Whatsapp entre pessoas e empresas. Mas não para por aí, com a adoção de Inteligência Artificial a tendência é esse mercado crescer cada vez mais. De acordo com a Statista, o mercado mundial de chatbots era previsto atingir 65,5 milhões de dólares em 2020 e deve chegar a 458,8 milhões em 2027.

Para 2021, a tendência é aumentar a quantidade de empresas que usam assistentes virtuais para atendimento e vendas assistidas. Isso porque a relação com o cliente pode ser transformada pela humanização dos chatbots quando há uma linguagem natural na plataforma. 

“Vemos uma aceleração muito importante na adoção de tecnologias de conversação, o que mostra que as empresas estão vendo a necessidade de estar onde seus clientes e usuários estão; são os aplicativos de chat que irão melhor atendê-los e facilitar sua vida”, diz Karla Berman, vice-presidente da Yalo Chat, em entrevista ao portal MILENIO.

Karla diz ainda que viu a sua empresa crescer rapidamente desde o início do ano passado, fruto da evolução natural da utilização de ferramentas tecnológicas e da necessidade das empresas de acelerarem os seus processos de atendimento digital. 

“Vimos uma enorme transformação digital nos últimos meses. O que pensávamos que levaria anos, devido à pandemia levou meses ou até semanas. As vendas por chatbots tem muitas soluções que permitem às empresas fornecer um melhor atendimento ao cliente e tornar ainda mais eficiente os processos de vendas.”, diz o CEO da Yalo, Javier Mata, em entrevista ao ADNEWS.