Quando ganhou força no Brasil no início desta década a Mídia Programática chegou com mais siglas para o Mercado Digital além de diversas palavras em Inglês, e agora mais uma chega com forte tendência de mudar o Mercado e como Agências operam suas campanhas Programáticas, o Custom Bidding ou também conhecido como 1st Party Algorithm.

O Custom Bidding é a possibilidade de customizar regras de bids dinamicamente especificamente para cada campanha com intuito de alcançar uma meta definida pela Agência, e cada vez mais aumenta a demanda por esse modelo como uma alternativa ao algoritmo padrão de otimização das DSPs, entretanto há muito desconhecimento ainda de como eles funcionam e como podem ajudar a otimizar as campanhas. Por conta disso que surgem empresas como a plataforma francesa SciBids que define regras com base em KPIs estipulados pela Agência, portanto os modelos matemáticos desenvolvido pela AdTech podem otimizar um objetivo ao até mesmo diversos aos mesmo tempo.

DSPs como Xandr (antiga AppNexus) e MediaMath já há algum tempo oferecem essa capacidade de integração por API para que uma tecnologia externa possa fazer otimizações de bid diferente do que seu próprio algoritmo faria. “A longa relação entre Xandr e Scibids criou a possibilidade de flexibilizar e customizar soluções, com isso continuamos trazendo resultado de negócios para nosso clientes ao redor do Mundo” disse Rita Mesquita, Diretora, Xandr Brasil. “Usando a Xandr Invest, plataforma DSP da Xandr, a SciBids pode otimizar a performance das campanhas utilizando seus algoritmos de compra customizados e sofisticados, empoderando assim as Marcas e Agências a alcançar com escala as audiências que procuram.”

O tema ganhou mais destaque no Mercado depois de recente anúncio do Google em possibilitar uso de Custom Bidding no DV360, a empresa deixa claro que essa solução busca maior flexibilidade para bids automatizados, através deste mecanismo Anunciantes e Agências podem incorporar insights únicos e específicos de cada marca para extrair a melhor performance e customizar estratégias específicas com base em suas metas de negócio, inclusive sendo possível integrar com o Analytics 360.

Porém utilizar desta solução na DSP pode ser algo custoso em termos de desenvolvimento técnico, por isso empresas como a SciBids oferecem algoritmos customizados que a Agência pode plugar facilmente em sua DSP e otimizar seus objetivos de campanha e negócio, em troca a empresa promete que seu investimento não precisa ser maior, pois os custos da SciBids respeitam o budget da campanha, consumindo uma pequena parte do Investimento de Mídia, sem gerar custos extras, ou seja, ao invés de comprar diversas impressões que não trariam retorno, a Adtech foca na compra de inventário que trará melhor performance aos KPIs que a Agência busca através da Inteligência Artificial.

A customização de algoritmo, também permite que a estratégia de compra programática seja otimizada com base em fontes externas à DSP por exemplo dados de vendas em lojas físicas, ou relatórios extraídos automaticamente em plataformas de verificação. Portanto, customizar a compra programática permite que os investimentos em publicidade sejam otimizados para os objetivos de negócio.

Outro fator também importante de possuir um Custom Bidding é a possibilidade do Gestor de Campanha das Agências focar em atividades estratégicas, isso faz com que esses profissionais não fiquem com o tempo dedicado em tarefas manuais e consigam focar em como otimizar a campanha com novas abordagens e estratégias de segmentação.’