Musk considera retirar suspensão de Trump do Twitter

Musk considera retirar suspensão de Trump do Twitter

De acordo com bilionário, a rede não deveria impor restrições permanentes

Nesta terça-feira (10), o bilionário Elon Musk, que recém comprou o Twitter por US$ 44 milhões, afirmou que considera o retorno do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump à rede. Musk teria se referido ao caso em uma conferência ao Financial Times.

Trump foi suspenso da rede após a disseminação de informações falsas sobre a legitimidade das eleições, além de ser acusado de reunir grupos políticos radicais que resultaram na invasão do Capitólio em 2021.

Musk e Jack Dorsey, cofundador do Twitter, concordaram que o Twitter não deve impor restrições permanentes, e que o banimento do político acaba apenas amplificando vozes da direita em outras praças.

Elon Musk não convenceu Trump a voltar

O posicionamento do ex-presidente foi direto, afirmando que não voltaria ao Twitter mesmo que sua conta voltasse. “Espero que Elon compre o Twitter porque ele fará melhorias e ele é um bom homem, mas vou ficar na Truth”, afirmou. No momento, Donald Trump tenta alavancar sua própria rede social, a Truth Social, que encontra problemas em se desenvolver.

Quer saber mais? Não deixe de seguir o ADNEWS nas redes sociais e fique por dentro de tudo!

Post anterior
Entrega inteligente de mídia: O futuro dos conteúdos | LIVEADS

Entrega inteligente de mídia: O futuro dos conteúdos | LIVEADS

Próximo post
TNT fecha time de apresentadores para o Billboard Music Awards

TNT fecha time de apresentadores para o Billboard Music Awards

Posts Relacionados