Elon Musk dá uma guinada forte no Bitcoin

Elon Musk dá uma guinada forte no Bitcoin

Em uma inversão de marcha repentina, Tesla parou de aceitar a criptomoeda como pagamento. Mas por que?
Virada brusca de Tesla em Bitcoin

Elon Musk tem sido um grande impulsionador da criptomoeda recentemente, até mesmo direcionando a Tesla a comprar US $ 1,5 bilhão em Bitcoin para seu tesouro corporativo no início deste ano. Ontem, ele mudou abruptamente de curso, tweetando que a Tesla pararia de aceitar Bitcoin como pagamento por carros, citando razões ambientais. “Estamos preocupados com o rápido uso crescente de combustíveis fósseis para mineração e transações Bitcoin, especialmente carvão, que tem as piores emissões de qualquer combustível”, disse ele.

O preço do Bitcoin despencou imediatamente em mais de 10 por cento. A Tesla disse que começaria a aceitar a criptomoeda alguns meses atrás, quando também revelou uma compra de Bitcoins de bilhões de dólares, elevando o preço em mais de 10 por cento. O bitcoin parece extremamente sensível aos tweets do bilionário e “se uma pessoa pode alterar drasticamente o poder de compra, o critério de ‘reserva de valor estável’ de uma moeda não é atendido”, escreveu Paul Donovan, do UBS, em uma nota aos clientes hoje.

Imagem retirada da Matéria do New York Times/ Fonte: CoinDesk

A mineração de Bitcoin consome muita energia e, quanto mais vale a pena, mais potência é necessária para uma rede de computadores criar os tokens, por design. O problema climático do Bitcoin dificilmente é um segredo. Então, o que dá?

Porque agora? A Tesla só começou a aceitar Bitcoin para compras de carros nos EUA em março. Há pouco mais de duas semanas, Zach Kirkhorn, C.F.O. da Tesla, disse aos investidores que “é nossa intenção manter o que temos a longo prazo e continuar a acumular Bitcoin de transações de nossos clientes conforme eles compram veículos”. Ele descreveu a justificativa para comprar e aceitar Bitcoin como, simplesmente, “Elon e eu estávamos procurando um lugar para armazenar dinheiro que não estava sendo usado imediatamente, tentando obter algum nível de retorno.”

O que mudou na compreensão de Tesla sobre as questões de energia? Um Tesla básico vale cerca de 1 Bitcoin, então a compra de Bitcoin de $ 1,5 bilhão da empresa em fevereiro ultrapassa em muito a quantidade de criptografia que coletaria das vendas de carros por um longo tempo. Isso levanta questões sobre o processo de verificação e aprovação desse investimento, o que pode preocupar a E.S.G. investidores, que de outra forma vêem com bons olhos uma empresa de veículos elétricos. Musk não sabia sobre o impacto ambiental do Bitcoin até agora? Quem o aconselhou sobre isso? O clima influenciou o processo de aprovação do conselho?

Como Musk justifica o impacto ambiental de suas outras empresas? Os foguetes da SpaceX são grandes emissores de carbono. The Boring Company, seu empreendimento de perfuração de túneis, também enfrentou críticas sobre seu impacto ambiental.

Tesla ou Musk venderam Bitcoin antes do anúncio? A declaração de Musk disse que “a Tesla não venderá nenhum Bitcoin e pretendemos usá-lo para transações assim que a mineração fizer a transição para uma energia mais sustentável”. Veremos se fez alguma negociação recente quando relatar os resultados do segundo trimestre em julho. Dado o impacto do tweet de Musk no preço do Bitcoin, qualquer ação imediatamente anterior ou posterior será examinada.

A regulamentação desempenhou um papel na reversão? A política de devolução para carros comprados com Bitcoin funcionou a favor de Tesla, estipulando que os compradores recebam Bitcoin se valer menos do que o valor em dólar equivalente na compra, mas recebam dólares de volta se Bitcoin valer mais Isso levanta muitas questões, incluindo riscos contábeis e preocupações sobre garantias e outras leis de proteção ao consumidor.

Musk pode ser um narrador não confiável. Na terça-feira, ele perguntou a seus seguidores no Twitter se Tesla deveria aceitar Dogecoin, a criptomoeda jokey. (A maioria disse que sim.) No domingo, ele anunciou que a SpaceX havia aceitado o Dogecoin como pagamento pelo transporte de um satélite para a lua. E como apresentador do “Saturday Night Live”, ele disse que a criptomoeda era “o futuro da moeda” e “uma confusão”.

Em outras notícias criptográficas, Vitalik Buterin, o criador do Ethereum, doou US $ 1,5 bilhão em criptomoedas para várias instituições de caridade ontem, incluindo cerca de US $ 1 bilhão nas chamadas moedas meme para um fundo de ajuda da Covid na Índia.

Matéria traduzida por Nicole Siniscalchi do New York Times e escrita por: Andrew Ross SorkinJason KaraianSarah KesslerMichael J. de la MercedLauren Hirsch and Ephrat Livni

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

5 dicas de Marketing para o setor de educação em 2021

Próximo post
Gil da Vigor

Gil da Vigor: marca anuncia o ex-BBB como garoto-propaganda

Posts Relacionados