O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou em suas redes sociais que a empresa baniu as contas de Facebook e Instagram do atual presidente dos Estados Unidos por tempo indefinido.

“Acreditamos que os riscos de permitir que o Presidente continua usando os nossos serviços durante esse período são simplesmente muito grandes”, diz o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg.

A decisão foi tomada após o comportamento de Donald Trump no ataque que ocorreu ontem, 6 de janeiro, no Capitólio dos EUA, cometido por centenas dos seus apoiantes durante reunião que validava a vitória de Biden nas eleições. “Os eventos chocantes das últimas 24 horas claramente demonstram que o presidente Donald Trump pretende usar o tempo que lhe resta no cargo para minar uma transição de poder pacífica e legal para o seu sucessor eleito, Joe Biden”, escreveu Zuckerberg. 

The shocking events of the last 24 hours clearly demonstrate that President Donald Trump intends to use his remaining…

Publicado por Mark Zuckerberg em Quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

 

“Portanto, estamos estendendo indefinidamente o bloqueio que tínhamos imposto nas contas do Facebook e Instagram e por pelo menos as duas próximas duas semanas, até que a transição pacífica de poder seja completa”, completou o CEO.