Skip to main content

Com apoio de 200 influenciadores e 150 empresas, humorista Badin, o Colono, lidera arrecadação histórica com R$ 74 milhões.

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul (RS) atualizou, em 21 de maio, os números da maior tragédia climática da história do estado. De acordo com o novo boletim das autoridades gaúchas, o total de pessoas afetadas é de 2.339.508. São 806 feridos, 85 desaparecidos e 161 óbitos confirmados.

Em meio às iniciativas para apoiar a população do estado, as arrecadações iniciadas por influenciadores ganharam destaque. Conforme aponta levantamento da Influency.me, empresa especializada em marketing de influência, já são mais de R$ 110 milhões arrecadados em prol do Rio Grande do Sul por influenciadores, e as mobilizações continuam.

O “Criança Esperança”, programa que arrecada fundos para reverter à proteção de crianças e adolescentes, realizado pela Rede Globo desde 1987, arrecadou R$ 22,5 milhões em 2019. Recorde em arrecadação, os valores dessa edição ainda não se comparam aos valores que influenciadores mobilizaram em apoio ao RS.

“Os influenciadores conseguirem levantar rapidamente cinco vezes mais que o maior programa do maior grupo de televisão no Brasil é notável e serve para mostrar real poder da influência digital. É incrível pensar que apenas um dos influenciadores, usando seu celular, foi capaz de levantar mais do que um evento como o Criança Esperança, que para ficar de pé, depende de investimentos significativos de produção, envolvendo dezenas de profissionais, câmeras, cenografia, iluminação, artistas etc”, comentou o CEO da Influency.me, Rodrigo Azevedo.

 

Influenciadores empenhados

Aqui, listamos algumas arrecadações lideradas por influenciadores e seus valores até o momento.

  • Badin, o colono, R$ 74 milhões: o humorista gaúcho Eduardo Christ, mais conhecido pelo nome artístico de ‘Badin, o colono’, criou o que ele chamou de “a maior campanha solidária do Rio Grande do Sul”, a SOS Enchentes. A campanha tinha como meta R$ 5 milhões, mas, na verdade, já está em R$ 74 milhões, se tornando a maior vaquinha da história do país, segundo a plataforma Vakinha. O influencer tem 2,7 milhões de seguidores no Instagram. Para a arrecadação, conseguiu parceria com 150 empresas e conta com a ajuda de mais de 200 influenciadores digitais.
  • Ex-BBB Matteus Amaral, R$ 30 milhões: a vaquinha “A Maior Campanha Solidária do RS” contou com apoio de diversos influenciadores, entre eles o ex-BBB Matteus Amaral e de dezenas de marcas, como Cobasi, Eletromidia, Velopark, Decathlon e Panvel.
  • Felipe Neto, 5 milhões: youtuber solo com maior quantidade de seguidores no YouTube, o influenciador lançou uma campanha de arrecadação online (via PIX) para comprar purificadores de água. Os mais de 46 milhões de seguidores de Felipe atenderam sua solicitação e, em 24 horas, doaram mais de R$ 5 milhões.
  • Whindersson Nunes, R$ 3 milhões: conhecido por seus vídeos de humor desde 2011, o influenciador soma 60 milhões de seguidores e mobilizou sua rede para apoiar o Rio Grande do Sul. As doações recebidas pelo influenciador já passam de R$ 3 milhões.
  • Thomas Giulliano, R$ 1 milhão: conhecido por seus cursos de história, tem mais de 135 mil seguidores no Instagram. Natural de Porto Alegre, vive em Garibaldi, cidade a 110 km da capital gaúcha. É casado e tem duas filhas de 4 e 2 anos. Sensibilizado pela situação de pessoas da cidade em que vive, Giulliano decidiu disponibilizar seu pix pessoal para arrecadar fundos para ajudar as pessoas. Seu objetivo era arrecadar R$ 20 mil ao longo de uma semana, mas o influenciador e professor atingiu a marca de R$ 1 milhão após cinco dias.
  • Luciane Ferraes, R$ 300 mil: empresária, maquiadora e blogueira, Luciane Ferraes é gaúcha, moradora da cidade de São Sebastião do Caí, na região do Vale do Caí, e colocou a mão na massa desde o primeiro momento. Mais de R$ 300 mil já foram arrecadados e direcionados a diversas frentes, como itens de higiene, materiais de limpeza, preparação de marmitas e até a compra de colchões e mobílias para as casas.
  • Sarina Gomes, R$ 45 mil: a influenciadora de moda Sarina Gomes reuniu um grupo de 15 amigos, também influenciadores digitais. O valor arrecadado pelo grupo já chegou a R$ 45 mil.
  • Influenciadores do Pokémon Go, R$ 3 mil: cerca de 10 influenciadores do Pokémon Go, como Pelozin, Jogada Excelente e Xilonha, se uniaram para a “Mega live solidária para ajudar o Rio Grande do Sul”, que arrecadou mais de R$ 3 mil.

Foto de capa: Canva

Acompanhe o Adnews no Instagram e LinkedIn. #WhereTransformationHappens