Dia 5 de Junho é comemorado o dia do Ketchup, sim existe dia para tudo e sim, nós comemoramos todos com felicidade. Afinal, o que seria da pizza dos cariocas sem ketchup? 

Nesse dia tão especial, a Heinz, número 1 do mundo, faz ação com seu parceiro de longa data, Outback Brasil, para atender a alguns sortudos do Twitter com hambúrgueres e, obviamente, muito mais muito ketchup Heinz. O intuito dessa ação é levar aos quarenteners um pouco de alegria e matar a abstinência de delícias. Saiba mais no post: 

 

Mas para celebrar o Dia do Ketchup, a primeira coisa que você precisa saber é de onde surgiu esse molho delicioso: 

FEITO NO VIETNÃ

Para todos aqueles que achavam que o ketchup era italiano ou até mesmo americano, fico feliz em informar que, na verdade a jornada do ketchup começa no Vietnã por volta de 300 a.C. Segundo registros antigos, a receita original era: molho fermentado de peixe e soja. E seu nome não era assim tão diferente de hoje em dia, Kê-tsiap, que no dialeto chinês quer dizer mais ou menos: “salmoura de peixe em conserva”.

Ele era tão popular que se espalhou por todo continente e, como todos já conhecem a história, nossos amiguinhos colonizadores ingleses chegaram em algum lugar na Ásia e descobriam esse tempero tão interessante que dava mais sabor para seus pratos britânicos. 

Depois de navegar pelos mares gelados, o Kêtsiap, chegou no país do Big Ben. Porém quando o pessoal foi recriar descobriram um probleminha: na Inglaterra não produz soja. Aí lá foram eles testar e mudar o molho. As receitas do ketchup levaram itens como feijões, anchovas, nozes, ostras e muito mais. 

Em 1727, a receita do Katshop foi publicada e engarrafada levando ingredientes que nós nem mesmo imaginávamos para o ketchup como vinagre, vinho branco, gengibre, pimenta e casca de limão. Você consegue imaginar o gosto dessa mistura? 

Eram vendidos diferentes tipos de katshop e seu triunfo se deu por conta da durabilidade do composto. Afinal, naquela época não existam ainda conservantes e nem geladeira que surgira apenas em 1856. 

Você deve estar pensando, como e quando o ketchup se tornou o molho que tanto usamos hoje em nossos hambúrgueres e hot dogs? 

SOLO AMERICANO

A receita de ketchup com tomate foi inventada apenas em 1812, na Filadélfia, pelo James Mease. Sua receita apresenta um problema das anteriores, por conta da polpa de tomate, o produto era perecível, mesmo levando conhaque e outras especiarias. 

A solução foi encher o produto de conservantes. (Vamos dizer que não foi a melhor decisão, já que sabemos que conservantes não fazem tão bem assim para o organismo). Os primeiros ketchup com conservantes continham altos níveis de alcatrão de hulha (para deixar ele mais vermelhinho) e benzoato de sódio (para prolongar a durabilidade). Você imagina o que aconteceu, esses produtos foram comprovados como prejudiciais para à saúde. 

Adivinha quem surgiu nessa época e veio para transformar a vida do ketchup?

HEINZ

Heinz veio para mudar o mundo dos conversantes daquela época e acreditava na regulação alimentícia. Ao invés de usar aditivos que faziam mal para à saúde, em sua receita de ketchup, ele pregava o uso de tomates mais maduros e o uso de uma grande quantidade de vinagre que ajudaria na conservação do produto. 

Sua mudança trouxe sucesso para a marca Heinz. Assim, quando eles entraram no processo de produção industrial nada poderia parar a empresa.

 

Depois disso o crescimento do ketchup e sua globalização foi acelerado. Hoje em dia, muitas receitas de várias culturas levam o ketchup como condimento principal, e além disso o que seria da batata-frita, dos hambúrgueres, do cachorro quente, do pastel e muitos outros?