O Halloween está cada vez mais brasileiro?

Lojistas e clientes já mostram a importância de participarem da data

O Halloween, ou Dia das Bruxas, é um evento que movimenta a economia em países de diferentes regiões. Só nos Estados Unidos, estima-se que a venda de produtos relacionados ao Halloween este ano alcançará a marca de R$10 bilhões de dólares, de acordo com a Federação Nacional de Varejo dos EUA.

Aqui no Brasil, o que fez a data cair no gosto popular foi a ampla divulgação da festa por meio de escolas de língua estrangeira. O Dia das Bruxas, que estava presente em nossas infâncias, parece não ser passageiro. Pelo contrário, já incorpora diversos nichos do mercado e de eventos.

As lojas de fantasias, em especial, percebem que a data é a chance de mais um grande pico de vendas depois do carnaval. Em alguns casos, o Halloween acaba até superando essa comparação.

De acordo com uma entrevista com a varejista Jane Prado, as vendas aumentaram 40% nesta época.

“Notamos que a cada ano estamos crescendo mais. As vendas são puxadas pelas escolas de idiomas, escolas infantis e pelas próprias festas que comemoram o dia.”

O Hallloween têm grande potencial de crescer exponencialmente no país. O Carnaval gera milhões para a economia todos os anos em venda de produtos, turismo e eventos. Os brasileiros já provaram ter grande gosto por música, glitter e fantasias, que muito tem a ver com o Dia das Bruxas.

Além disso, há a influência de grandes lançamentos cinematográficos do terror nesta época, assim como séries e eventos atrativos em bares, parques, etc.

Um bom exemplo é a estreia do novo filme Halloween Kills, que arrecadou uma bilheteria de US$ 50,4 milhões, sendo a melhor abertura doméstica de um filme de terror e R-Rated durante a pandemia.

Do ponto de vista comercial, é o momento de marcas abraçarem a data, não apenas aquelas relacionadas à fantasias e decorações. Muitas empresas começam a fazer campanhas, pré-estreias e teasers de produtos e promoções, como o Burger King, por exemplo.

A rede de fast-food sempre ganha destaque pelas campanhas criativas, como a do ano passado, onde clientes deviam chegar em drive-thrus com vassouras.

O Starbucks também traz uma linha de produtos especiais para a temporada, como o caso da linha Pumpkin Spice.

A expectativa é que esse nicho cresça cada vez mais, em especial em um momento pós-pandemia. Isso pois, há o grande desejo de “colocar pra fora” a alegria da rotina mais normalizada e se reunir novamente.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Lightyear filme focado em Buzz, de Toy Story, ganha trailer

Lightyear: filme focado em Buzz, de Toy Story, ganha trailer

Próximo post
Diversidade ESG

Diversidade: ponto de partida para práticas ESG

Posts Relacionados