National Geographic

O National Geographic apresenta seu talk show brasileiro “Posso explicar”

Com estreia prevista para março, o primeiro late-night científico da National Geographic na América Latina, será também o primeiro conduzido por uma mulher

Atualmente, por causa da pandemia, as pessoas estão cada vez mais interessadas em aprender sobre ciência. Contudo, a ciência não é apenas informação, também é entretenimento, ainda mais quando se fala em National Geographic!

Nesse sentido, a Nat Geo apresenta o talk show brasileiro semanal “Posso Explicar”, que estreia hoje, às 21h, no National Geographic e Youtube em um episódio duplo.

Através do conceito de que ciência é entretenimento, a produção original apresenta temas diversos da ciência a cada episódio. Dessa modo, o talk show apresenta uma forma inovadora de aprender.

Inspirado nos late-night talk shows, como o “The Tonight Show Starring Jimmy Fallon” e o “The Late Late Show With James Corden”, cada episódio do talk show contará com 30 minutos de duração, repletos de bom humor e descobertas

“É sempre mais fácil aprender alguma coisa que é explicada de uma forma divertida. Foi assim que começamos a pensar como poderíamos explicar a ciência, que é um assunto muito complexo, de uma forma que todos queiram assistir, que você vê essas pessoas rirem, que isso possa se tornar viral. E aí surgiu a ideia de fazer um late-night científico.” Explica Fernando Semenzato, líder de Desenvolvimento e Produção da National Geographic & Nat Geo Kids

Antes de mais nada, Miá Mello conduzirá o programa, que contará com a participação de celebridades brasileiras como convidados especiais. Em outras palavras, Miá será a primeira mulher a apresentar um talk show científico na América Latina.

A princípio, a temporada terá 16 episódios, sendo que em cada um, os entrevistados irão participar de entrevistas e quadros variados, como por exemplo, cenas de humor e experimentos científico-tecnológicos.

Para quem é o “Posso Explicar”?

Assim como diferentes memes viralizam nas redes sociais, por meio de trechos de vídeos, a expectativa é de de que além da audiência da Nat Geo, um público jovem assista ao programa. Através de pequenos vídeos, a tendência é de que o talk show se torne viral no TikTok, por exemplo.

“O programa será visto pela audiência Nat Geo, mas também será visto por um público mais jovem. Uma coisa interessante que eu posso explicar, é como versões curtas acabam formando o programa completo, coisas que podem ser encurtados e usadas para serem postadas no Youtube para viralizar e atingir um público que talvez não tenha interesse no canal, mas que tem interesse no formato do Midnight show, e que possa chegar no TikTok. Comentou Fernando, em relação ao público-alvo.

Como foi o processo de gravação?

Primordialmente, durante as gravações que ocorreram em outubro, os funcionários envolvidos na produção realizaram mais de 700 testes de COVID. Além disso, os produtores responsáveis pelo cenário utilizaram 15 mil parafusos, 10 mil pregos e 30 kg de cola branca durante a montagem.

Sendo que, o programa foi produzido pela Moovie, com a supervisão de Eduardo Rosemback. Nesse sentido, devido à pandemia de COVID, a estrutura de gravação foi feita tendo como foco a segurança de todos os envolvidos no talk show.

Lançamentos para 2021

De acordo com Fernando, neste ano de 2021, haverá lançamentos voltados principalmente para natureza natureza e viagens, que devem agradar a audiência da Nat Geo. Sendo que, juntamente com o National Geographic, os conteúdos também serão lançados no Disney+.

Total
19
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

5 dicas de como entrar no crescente mercado de energia solar

Próximo post
Reality Shows

Reality Shows são os programas mais comentados no Twitter, segundo pesquisa

Posts Relacionados