“Filho, pausa esse jogo e vem jantar!”, “Você não vai sair da frente desse vídeo game?” essas frases, além de muitas outras, são bem repetidas entre as mães que tem filhos gamers em casa. E nada mais justo que essas mães que dividem a atenção de seus filhos com os games também receberem uma homenagem, não é? Por isso a HyperX, uma das marcas mais conhecidas no universo de produtos gamers, resolveu reunir jogadores, neste último Dia das Mães, para contar histórias que envolvem os games e suas mães.
As melhores histórias foram compartilhadas nas redes sociais da HyperX, Facebook e Twitter, e mostraram que

 O combinado da marca era fazer os relatos desde o dia 23 de abril, quando os gamers enviaram suas histórias, e ainda contou com a participação especial de alguns embaixadores da marca, como a Nyvi Stephan, o Damiani, o YoDa e o dono do canal ‘Pai Também Joga’, e mostraram ao público o quanto as mães foram fundamentais na trajetória dos gamers.

 

A histórica data do Dia das Mães, deste último domingo, foi uma das principais questões da marca realizar uma campanha tão bacana como essa. “Pode ser uma oportunidade para as mães jogarem com seus filhos, ou até sozinhas, e descobrirem um novo hobby. Sabemos que os downloads de jogos mobile aumentaram desde o início da pandemia, e que ter mais tempo em casa é propício para também jogar mais, além de ajudar a se distrair e a se desestressar. Nossa filosofia “We’re all gamers” é democrática e foi pensando nisso que criamos a ação de Dia das Mães”, diz Fabio Bottallo, gerente sênior de marketing da HyperX na América Latina.

O resultado das histórias relatadas foi o melhor possível, mas podemos destacar a narrativa de Alceu Oliveira Neto, que recordou sua jogatina de Silent Hill, um jogo de suspense e terror, e acompanhado de um amigo tomaram um susto ainda maior causado pela sua mãe.