Pesquisa mostra que mercado publicitário não fala com o público da 3° idade

Instituto Locomotiva e Bradesco Seguros mostram que, por ano, R$ 1,8 trilhão é movimentado por consumidores com mais de 50 anos no Brasil

Segundo a estimativa do IBGE, em 2030 o Brasil terá mais pessoas acima dos 60 anos do que menores de 14. Além de maior número, a população idosa está cada vez mais ativa, economicamente independente e consumidora, mas o mercado publicitário parece não ter percebido esse movimento. 

Christiane Machado, coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Positivo, fez uma pesquisa que mostra que a publicidade brasileira não fala com o público idoso e que quando fala, é de forma estereotipada. 

“Os idosos aparecem em menos de 3% das propagandas. O fato de eles não estarem presentes e, principalmente, de em alguns casos eles serem mostrados de maneira muito estereotipada, demonstra certo preconceito. As marcas não querem ser associadas com consumidores mais velhos porque as pessoas ainda têm preconceito com o envelhecimento”, diz Christiane

Pesquisas do Instituto Locomotiva e da Bradesco Seguros mostram que, por ano, R$ 1,8 trilhão é movimentado por consumidores com mais de 50 anos no Brasil, o que representa 42% da movimentação financeira de todos os brasileiros.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Nubank vira a primeira startup a valer mais de US$ 10 bilhões no território nacional

Próximo post

Guaraná Antarctica cria primeira “estartape” de memes do mundo

Posts Relacionados