Primeiro casal do Power Couple é eliminado: ''rolou uma decepção''

Primeiro casal do Power Couple é eliminado: ”rolou uma decepção”

Lidi Lisboa e Lucas Selfie receberam Rodrigo Mila e Daiana, primeiro casal eliminado da nova temporada do reality de casais

O casal Rodrigo Mila e Daiana participaram nesta sexta-feira (13) da primeira ‘Live com o Casal Eliminado’, com Lidi Lisboa e Lucas Selfie, no portal R7.com para falar sobre as primeiras semanas de convivência com os outros casais na Mansão Power Couple. Durante a conversa, Mila disparou: “Quando voltamos da prova de casais, percebemos que todo mundo comemorava a volta dos outros participantes, mas não aconteceu com a gente. Criamos uma expectativa com algumas pessoas e não aconteceu. Rolou uma decepção”, explica o DJ e influenciador.

Primeiro casal do Power Couple é eliminado: ''rolou uma decepção''
Imagem: Reprodução/R7.com

O casal comentou sobre o conflito com o casal Anne e Pe Lanza, ex-Restart, banda da qual Mila afirma ser fã. “A Daia queria um pouco mais de atenção, mas as conversas foram monossilábicas, não faziam questão de conversar. Isso a magoou muito e deixou decepcionada”, explicou o ex-participante. “Foi uma expectativa de ser mais acolhida”, comentou Daiana.

Durante a live, o relacionamento com Pe Lanza foi abordado várias vezes, inclusive nas lembranças de quando Mila abria o show do músico no interior de São Paulo. “”, brinca.

“Eu já chorei pelo Pe Lanza em outro momento da minha vida. Porque não tinha calça colorida no meu tamanho”, revela Mila aos risos.

Daiana respondeu ao comentário de Lucas Selfie, que esperava que ela fosse a protagonista da edição. “Eu não sou barraqueira, sou calma, muito tranquila e falo quando eu tenho que falar, não sou de chorar”, comentou a ex-participante.

“Se eu pudesse voltar no tempo, eu mudaria algumas estratégias de jogo e seria mais pulso firme com as pessoas”, respondeu Mila à pergunta de Lidi Lisboa sobre possíveis erros que comentaram durante o programa.

Quando questionados sobre a decisão de participar do programa, o primeiro eliminado explica que está no melhor momento da sua vida e, por isso, considera que especial aceitar entrar nessa nova temporada. “Estou na minha melhor fase, no auge do meu empoderamento, quebrando muitas barreiras por causa da minha ansiedade, como fazer sexo no escuro com a Daia”, comentou.

Na estreia do quadro “Inimigo Nada Secreto”, Lidi e Lucas incentivaram o casal eliminado a presentear os demais participantes do Power Couple com diversos itens, como cobra, porco, máscaras, “tetrômetro”, entre outras.

O casal presenteou a dupla Brenda Paixão e Matheus Sampaio com um par de luvas de boxe. “Eles gostam de uma treta”, alfineta Daia. Para Mila, a sintonia do casal é muito forte. “Eles só entram em atrito quando convém pra eles”, explica o influenciador.

A dupla presentou o casal Andréia e Nahim com desinfetante e o CD do Clodovil pela obsessão dela por limpeza. “Ela é mandona”, dispara Daia.

Para Anne Duarte e Pe Lanza, o casal presenteou a dupla com borracha e uma algema. “O que ficou no jogo e aqui fora é diferente. Quero passar uma borracha no que aconteceu lá dentro da casa”, explicou o influenciador. “Para ficar grudado, para não conversar com ninguém, ou para fazer outra coisa também”, brinca Daia.

No entanto, as explicações não convenceram Lidi Lisboa e Lucas Selfie, que fizeram eles rever os presentes, que fez o casal mudou por uma língua. “É a escola de argumentação que a Anne fez”, alfineta Mila, em referência a discussão entre os casais no último domingo.

O casal admitiu torcida pelos casais Hadad e Luna, Rogério e Baronesa. Quando perguntado sobre qual casal a dupla não quer que ganhe, Mila foi enfático. “O Dinei. Ele não está participando do jogo”.

O casal também interagiu com as perguntas enviadas pelos internautas pela hashtag #LivePowerCouple e recebeu vídeos depoimentos de Adriane Galisteu, Marcelo Zangrandi, Chico Barney e Mariano.

Quer saber mais? Não deixe de seguir o ADNEWS nas redes sociais e fique por dentro de tudo!

Post anterior
Band planeja atingir audiência mais jovem no meio digital

Band planeja atingir audiência mais jovem no meio digital

Próximo post
Uma linha de roupas para a prática esportiva focada na diversidade das mulheres latino-americanas. Em nova campanha da adidas em parceria com a Ogilvy Brasil, a marca das três listras lança o projeto Veste as Brabas, iniciativa que celebra a autenticidade e a essência da mulher latina. Para a construção da narrativa da campanha, a Ogilvy teve como inspiração a canção "Liberdade" da rapper, influenciadora, preta e feminista Drik Barbosa. O clipe da artista é um manifesto sobre a liberdade feminina, ressaltando uma forma de existência sem barreiras. "Liberdade feminina pra mim é não existir barreiras, sendo eu mulher e preta. Não existir barreiras no dia a dia , não existir barreira no trabalho, não existir barreira na arte que é o que eu faço, não existir barreiras para as meninas que estão entendendo quem elas são, que estão entendendo os seus corpos, nós somos donas de nós. Liberdade feminina é ser, ser mulher, ser ativa, e ser parte da sociedade”, comenta Drik. “As mulheres latinas são reconhecidas por sua determinação e busca pela expressão de forma livre. As peças da coleção Veste as Brabas refletem esse espírito da liberdade do corpo feminino, com roupas que permitem maior conforto e flexibilidade para a prática esportiva, seja qual for a modalidade ou uso no dia a dia”, comenta Daniela Valsani, diretora sênior Comercial da adidas Brasil. A campanha “Veste as Brabas” teve início nas redes sociais da @adidasbrasil e parceiras da marca a partir desta segunda-feira, 9 de maio, e como estratégia de divulgação, semanalmente, um filme de uma Braba será lançado nas redes. Todo esse projeto contou com produção majoritariamente feminina. Protagonizam os filmes Drik Barbosa, rapper, mulher preta e ativista, Ester Dias, atriz, esportista e mulher preta, Alexandra Gurgel ativista, jornalista, influenciadora e responsável pelo "Movimento Corpo Livre" e Eloyza, mulher preta, skatista e corredora. Além desse time, Veste as Brabas também conta com a diretora Liv Stacciarini; a fotógrafa Tauana Sofia; e a artista e mulher trans Joanna Schmidt, que assina as colagens. “Essa coleção veio para fazer história no mercado esportivo feminino. Depositamos muito empenho e fizemos questão de que todas as pessoas envolvidas no processo fossem prioritariamente mulheres, que assim como nós, trabalharam para inspirar e abrir espaço para que outras brabas possam se sentir representadas e orgulhosas dos seus corpos. Não precisamos nos encaixar em padrões, todo corpo é livre e merece amor e respeito”, destaca a dupla criativa da Ogilvy Brasil, Nayla Alana (Diretora de Arte Sênior) e Roberta Magalhães (Redatora). A coleção Veste As Brabas já está disponível nos sites e lojas da adidas Brasil, nas Lojas Amaro e também no e-commerce da marca e nas suas plataformas digitais. A campanha e a coleção serão estendidas para outros países da América Latina ao longo de 2022.

Adidas lança campanha focada na diversidade de mulheres latinas

Posts Relacionados