Riachuelo inaugura loja sustentável e expande ideia da marca

A nova loja será modelo para inaugurações a partir do próximo ano

A Riachuelo inaugura a nova loja modelo com atributos mais sustentáveis, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

O movimento é um marco para a varejista que, desde 2015, vem desenvolvendo iniciativas para idealizar lojas cada vez mais sustentáveis.

A loja Jacarepaguá nasce junto com o projeto CRIA! movimento da Riachuelo para mais do que ser sustentável, democratizar a sustentabilidade. Ele será responsável por ser o guarda-chuva que envolverá todas as iniciativas da marca dentro do pilar de responsabilidade socioeconômica de toda a cadeia produtiva”, completa Elio Silva, diretor executivo de Canais e Marketing da Riachuelo.

Riachuelo inaugura loja sustentável e expande ideia da marca
Imagem: Divulgação/Riachuelo

Intitulada como a “Loja do Amanhã”, a Riachuelo Jacarepaguá é a 13ª loja com adoção de forro técnico, que auxilia na redução da reverberação acústica, e uso de tintas à base d’água com menos emissão de poluentes, compostos orgânicos voláteis e com elementos que remetem à biofilia.

Focada em garantir uma redução de água, o projeto faz uso de bacias com caixa acoplada e uso de temporizadores nos mictórios e torneiras, que garante 40% a menos de consumo.

Para a iluminação, a Riachuelo fez uso de tecnologia LED que fornece uma redução de até 60% de energia, além de resultar na maior qualidade do ambiente, promove saúde e bem-estar aos colaboradores e clientes.

Ainda no quesito energia, a loja já nasce com recursos 100% proveniente de fontes renováveis, visando menor impacto ambiental, garantido por meio da aquisição do Mercado Livre de Energia.

Vale ressaltar que, em 2020, 48% do consumo total de energia da Riachuelo foi proveniente de fontes renováveis, por meio da aquisição de energia incentivada no Mercado Livre de Energia.

Alinhado aos valores da empresa em propor cada vez mais iniciativas de Diversidade e Inclusão, os provadores da loja Jacarepaguá são sem gênero com divisórias do pé direito ao chão para garantir privacidade, conceito adotado em todas as lojas inauguradas desde 2019.

Riachuelo inaugura loja sustentável e expande ideia da marca
Imagem: Divulgação/Riachuelo

Economia Circular

A Riachuelo recebe o programa da varejista de economia circular. Em parceria com a Liga Solidária e Cáritas Brasileira, a Riachuelo disponibiliza coletores para recolher peças de roupas usadas e dar um novo destino a elas.

O programa gera empregos e renda além de beneficiar 13 mil crianças, jovens, adultos e idosos em situação de alta vulnerabilidade social, atendidos pela entidade sem fins lucrativos. 

Assim, 56% das peças recolhidas em loja são vendidas nos bazares da Liga e alimentam seus projetos, outros 31% são doados pela entidade para populações vulneráveis e 12% são reciclados, mas não dentro do setor do vestuário. Até o momento, foram coletadas mais de 1 tonelada de roupas.

Produtos Riachuelo mais sustentáveis

A empresa tem trabalhado aumentando a compra de matérias-primas certificadas. Hoje a marca tem um jeans mais sustentável com fibras têxteis mais sustentáveis, energia 100% renovável e com uma redução de até 85% na utilização de químicos.

O jeans, para ser produzido, consome até 90% menos de água em relação aos processos convencionais. Isso só é possível dado pela produção na fábrica em Fortaleza.

A Riachuelo também lançou a coleção Tons da Natureza com peças em acabamentos e matérias-primas de menor impacto ambiental, utilizando fibras mais sustentáveis e tingimento natural.

Processos de produção

Existe uma ETE doméstica que realiza o tratamento biológico dos efluentes domésticos, gerados principalmente nos sanitários e refeitórios; e uma ETE industrial que realiza o tratamento dos efluentes industriais gerados na lavanderia.

Em Fortaleza, 100% da água consumida é tratada após sua utilização, sendo que 70% desta água é reutilizada em diferentes áreas da fábrica: 5% são destinados aos sanitários, 10% aos jardins e 55% novamente à lavanderia industrial. O restante que corresponde a 30% de água tratada é redirecionado à rede municipal de efluentes“, detalha o diretor de sustentabilidade da marca.

No quesito material residual como, papel, papelão, plástico e metal, no ano passado, o Grupo Riachuelo reciclou ou reutilizou 4.609 de toneladas e para este ano, até o momento, a empresa já reutilizou ou reciclou 4.800 toneladas.

Instituto Riachuelo

Em junho deste ano, a Riachuelo criou um Instituto para concentrar as iniciativas da marca no âmbito socioeconômico.

A organização nasce com o propósito de transformar vidas por meio do aprendizado, gerar trabalho e renda, visando o desenvolvimento social e econômico na região do Rio Grande do Norte, berço da marca.

Inicialmente, a organização está estruturada para atender cinco principais pilares: oficinas de costuras, capacitando mais pessoas para atuarem no programa Pró-Sertão; bordado do sertão de Caicó; o artesanato potiguar em peças de cerâmica; e a circularidade das peças na cadeia produtiva por meio de doações.

Além disso, o Instituto também atua com o algodão agroecológico, que tem crescente procura de empresas que desejam trabalhar com matérias-primas mais sustentáveis.

Riachuelo inaugura loja sustentável e expande ideia da marca
Imagem: Divulgação/Riachuelo
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Itaipava reforça seu posicionamento de “Cerveja de Novela” em ‘Um Lugar ao Sol’

“Cerveja de Novela”: Itaipava marca presença em “Um Lugar ao Sol”

Próximo post
Na Black Friday do Burger King clientes compram um combo e ganham pontos no Clube BK para trocar por um Whopper Gratis

Black Friday do Burger King dá Whopper na compra de combo

Posts Relacionados