SILVA lança projeto editorial “Só tem no BR”

SILVA lança projeto editorial “Só tem no BR”

A agência criativa e produtora de imagem SILVA, lança o projeto editorial “Só tem no BR” e traz para essa primeira edição a pesquisadora e diretora criativa Rafaela Pinah, para liderar e produzir o Editorial Refúgio: Escapismo & Zona Oeste Carioca. 

O projeto “Só tem no BR” faz parte de uma iniciativa de curadoria idealizada pela agência e trará outros artistas como incentivo para potencializar os trabalhos com profissionais criativos brasileiros, pretos periféricos ou dissidentes,  disponibilizando aparato e recursos para a execução e criação de imagens com todo o contexto sociocultural que reproduz a imagem de um Brasil verdadeiramente real, especialidade da agência. 

A primeira convidada, Rafaela Pinah é diretora criativa, stylist e pesquisadora, nascida e criada em Realengo, bairro do subúrbio do Rio de Janeiro, tem 32 anos, é uma mulher travesti, formada em moda e atualmente é pesquisadora do Coolhunter Favela. Ela afirma:

“Sobre a importância do meu trabalho, fico muito incomodada quando ele é colocado no lugar de salvador. Eu fui o peixe no cardume que saiu nessa busca ambiciosa, que entendeu que tinha uma mensagem a passar, um olhar e uma corporeidade que incomodam os espaços, trazem insights e novas articulações para todo o mercado criativo, não só no nicho LGBTQIA+.”

O Editorial Refúgio propõe um novo olhar sobre o escapismo e o direito ao descanso. O projeto foi fotografado em Barra de Guaratiba, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, região que nasceu a partir do crescimento dos quilombolas, consagrada pela visão do mar e por ser um lugar onde mangue e cidade se encontram.

Partindo da vivência de novas realidades e imaginários para corporeidade negras e as suas ancestralidades, o editorial mostra como o direito ao repouso e liberdade são revolucionários. Um dos principais diferenciais desse trabalho foi a participação de uma equipe composta majoritariamente por profissionais negros e LGBTQIA+, com um casting composto por  homens negros contestando os padrões de masculinidade. 

Alan Ferreiras, co-fundador da SILVA, enfatiza:

“Apesar de estarmos usando o mês do orgulho para ampliar o alcance desse trabalho, nos orgulhamos de estar conectados a Rafaela Pinah para além desse mês. Para a SILVA, dialogar com profissionais LGBTQIA+ é uma questão de rotina. Todos os nossos trabalhos tem presença proposital dessas pessoas em cargos de execução e liderança. Garantido repasse de capital e nos certificando que suas narrativas e trabalhos não sejam reduzidos apenas às causas identitárias de gênero e orientação sexual.”

Quer saber mais sobre as novidades? Não deixe de seguir o ADNEWS nas redes sociais e fique por dentro de tudo!

Post anterior
Razer adquire Interhaptics para impulsionar ecossistema de produtos hápticos

Razer adquire Interhaptics para impulsionar mercado de produtos hápticos

Próximo post
Stranger Things: parte 2 da 4° temporada já está disponível

Stranger Things: parte 2 da 4° temporada já está disponível

Posts Relacionados