Você lembra do Facebook Rooms? Pois é, a novidade do gigante Facebook que surgiu durante o isolamento social vem trazendo resultados e reunindo mais do que nunca milhares de pessoas ao redor do mundo, seja para matar a saudade de seus colegas, realizar um grupo de estudos, ou até realizar uma palestra e mostrar seu novo produto. Agora tudo pode ser compartilhado em seu próprio feed e em tempo real. 

As conexões alcançadas podem acompanhar toda a conversa tendo a opção de comentar e interagir com os participantes durante a reunião. Esse é um grande momento para o Facebook, somente no período de junho de 2020, as transmissões ao vivo de Páginas dobraram em comparação a mesma época em 2019. 

Para iniciar uma conversa e entrar ao vivo é bem fácil, basta criar uma sala e convidar qualquer pessoa para participar, mesmo até pessoas que não contam com uma conta no Facebook, o host da sala ainda terá a opção de compartilhar a transmissão em um Perfil, um Grupo e convidar o público para acompanhar, diretamente do Facebook ou do Messenger Web. 

 

 

O criador da sala também poderá controlar os compartilhamentos da transmissão, os espectadores e os convidados. Para os que convidados, o próprio app mandará uma notificação de convite com a opção de aceitar ou não participar da conversa, os mesmos  também conseguem se retirar a qualquer momento, até mesmo antes de iniciar o ao vivo. O host pode adicionar e remover os participantes a qualquer momento também, além de bloquear e desbloquear a transmissão enquanto ela está ao vivo. 

 

 

O criador da sala escolhe entrar ao vivo, a transmissão é compartilhada com o Facebook e as pessoas fora da sala podem ver o que está acontecendo nela, de acordo com o público escolhido e o local onde a sala for compartilhada no Facebook. Os espectadores estão completamente encorajados a denunciar qualquer vídeo ao vivo que viole os Padrões da Comunidade do Facebook. 

Este novo recurso ainda não está disponível para todos os países, mas a ideia é que seja expandida em breve, seja na versão pelo desktop ou pelo mobile. O Facebook ainda prometeu novas funções para os próximos meses que podem ser acompanhadas pelo seu blog