Apple é criticada por pacote salarial milionário de seu CEO

Revolta de acionistas também atingem outras grandes empresas como Starbucks e IBM

O ISS (Institutional Shareholder Services) manifestou preocupações significativas contra o prêmio recebido por Tim Cook, CEO da Apple, acima dos U$14,8 milhões do ano anterior.

Líder da Apple é criticado por pacote salarial milionário - ADNEWS

Ao total, o patrimônio líquido de cook ultrapassa £1 bilhão, e o chefe recebeu o pagamento em ações, salário e outros custos. Em uma carta endereçada aos acionistas, “metade do prêmio carece de critérios de desempenho”, diz a ISS.

De acordo com o ISS, o salário de Cook era 1.447 vezes maior do que o salário de um funcionário médio da Apple. Seu pacote incluía US$ 630.600 em custos de segurança pessoal e US$ 712.500 para uso pessoal de um jato particular. Entretanto, um documento da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) provou que Tim Cook teria doado U$7,4 milhões para a caridade, com destinatário não revelado.

Oposição além da Apple

Grandes empresas dos Estados Unidos e Reino Unido estão enfrentando uma condenação dos acionistas sobre salários e compensações de seus líderes.

Outras marcas como IBM e Starbucks também não conseguiram apoio à ideia. Isso se dá por uma revolta de alguns investidores que viram esses pacotes salariais serem concedidos quando seus funcionários enfrentavam dificuldades financeiras, especialmente na pandemia. As políticas de Joe Biden também se colocam no caminho. O presidente defendeu a taxação de bilionários para ajudar causas sociais.

Post anterior
A grande meta dos profissionais de marketing mobile: voltar a acelerar o crescimento do número de usuários em 2022

A grande meta dos profissionais de marketing mobile: voltar a acelerar o crescimento do número de usuários em 2022

Próximo post
One More tem novo aporte e Sabrina Sato como nova sócia

One More tem novo aporte e Sabrina Sato como nova sócia

Posts Relacionados