tendências de vídeo nas redes sociais

As três maiores tendências de vídeo no Instagram e no YouTube

TikTok a caminho do trabalho, tutoriais do YouTube sobre como ganhar dos seus filhos no Minecraft ou dicas de maquiagem com celebridades enquanto você anda pela cidade — todos estamos grudados nos celulares assistindo vídeos. Eles estão em todos os lugares, todo mundo está criando algo, e os formatos pequenos e estilo de alto impacto popularizado pelas redes sociais mudou a maneira pela qual pensamos sobre narrativas, produção de vídeo e até mesmo o que pensamos sobre a fama. Enquanto cada rede social tem suas próprias especificações, todas elas têm efeitos sobre como as marcas comunicam com os seus consumidores.

E como você acessa o poder comprovado de vídeos em redes sociais e ainda consegue trabalhar? Vamos dar uma olhada nas três maiores tendências de vídeos do Instagram e do YouTube que você pode usar para melhorar o alcance das suas redes sociais.

Tendências de vídeo: Instagram

O Instagram se tornou um fórum para compartilhar de tudo, e isso significa um aumento de vídeos. Os Stories, vídeos ao vivo e os Reels, este último lançado mais recentemente, tornaram o Instagram uma plataforma para compartilhar diversos conteúdos: desde vídeos de filhotes fofos até dicas de maquiagem oferecidas por celebridades bilionárias. Lançada em 2016, a função dos Stories é mostrada a mais de 500 milhões de usuários diariamente, e espera-se que até este ano a chuva constante de vídeos continue envolvendo usuários de todo o planeta.

Vídeos de compra

O Instagram está se tornando um mercado poderoso. Várias funções foram adicionadas para permitir que compras sejam completadas, como a possibilidade de marcar produtos em publicações e nos Stories — além de permitir que usuários completem compras sem precisar sair da plataforma. Mostrar os seus produtos em vídeos engajadores que também permitem que as pessoas imediatamente comprem o que estão vendo, torna ainda mais fácil o processo de conversão de seguidores para consumidores.

Vídeo na vertical

Onde foi parar a tela panorâmica? O Instagram Live, Stories e Reels são todos formatados para uso vertical, uma tendência que se espalhou por todas as plataformas sociais. Estudos mostram que seguramos nossos telefones na vertical 94% do tempo. Mas por quê? Vídeos verticais são melhores para usuários de dispositivos móveis porque previnem que eles façam algo que não é natural, como virar o telefone para a horizontal. Vídeos horizontais dão uma sensação estranha, então se quiser manter a atenção do seu público, sempre escolha a posição vertical.

Autenticidade acima da perfeição

Antes dominado por fotos perfeitas e feeds selecionados, o Instagram se tornou um lugar para compartilhar histórias de verdade que oferecem uma visão real sobre a vida. Marcas estão usufruindo dessa mesma abordagem ao publicar vídeos gerados por usuários, escolhendo pequenos influenciadores em vez de modelos famosos e compartilhando conteúdo criado nos bastidores para mostrar todo o trabalho relacionado a criação de um feed que chama a atenção. Criar o seu próprio vídeo ou usar vídeos fornecidos por outras pessoas que dão ao seu feed um toque autêntico pode ajudar o seu conteúdo do Instagram a se destacar.

YouTube

Não podemos falar de vídeos sem falar sobre o YouTube. O site de compartilhamento de vídeos tem mais de dois bilhões de usuários, é o segundo site mais visitado na internet e tem mais de um bilhão de horas assistidas diariamente. Estima-se que mais de 400 vídeos são lançados no YouTube a cada minuto, e esses números não param de crescer. Então quais são as tendências de vídeo para o YouTube em 2022?

Qualidade é mais importante do que quantidade

O YouTube é um lugar único comparado com o universo de redes sociais. Ele não se trata de rápidos tuítes ou legendas inteligentes; ele é um fórum para compartilhar informações e contar histórias. Segundo o Google, 65% das pessoas usam o YouTube para buscar ajudar para resolver um problema ou para aprender mais sobre alguma coisa. Seja se você gravar o vídeo sozinho, contratar um videomaker, ou usar vídeos profissionais de bancos de imagem, os vídeos do YouTube devem ser informativos, divertidos e de alta qualidade. As pessoas assistirão um vídeo do YouTube semanas, às vezes anos, depois que foi originalmente publicado, então vale a pena investir em conteúdo de alta qualidade para o se canal do YouTube.

Mostre uma visão de 360 graus

Uma das opções mais marcantes do YouTube dos últimos anos foi a apresentação de vídeos de 360 graus. Esses vídeos interativos oferecem aos espectadores uma experiência imersiva e um estilo de realidade virtual que captura a atenção e permite que eles criem suas próprias experiências personalizadas. Os profissionais de marketing podem usar vídeos de 360 ​​graus para exibir produtos, focar em detalhes menores e se aprofundarem em tópicos mais específicos do que era possível antigamente.

Compras imersivas

Assim como o Instagram, fazer compras se tornou parte da experiência do YouTube. Por ser uma plataforma social para compartilhar vídeos, o YouTube é a segunda maior ferramenta de pesquisa e grande parte dessa pesquisa está relacionada à tomada de decisões de compra. A Google estima que 80% dos consumidores assistem vídeos do YouTube relacionado a compra que estão planejando fazer. Nos últimos dois anos, o tempo assistido de vídeos de “compre comigo” (vídeos que mostram um influenciador fazendo compras) aumentou exponencialmente. Se estiver vendendo um produto ou experiência, vídeos de alta qualidade do YouTube oferecem uma oportunidade para que você promova, explique e se conecte com bilhões de consumidores em potencial.

Os bancos de imagem podem ser grandes aliados

É nítido que você consegue mais usando o marketing de redes sociais, o que você precisa agora é usar mais vídeos. O problema é que editar um vídeo de forma profissional, se você não for um especialista, pode ser muito caro ou muito complicado. Hoje existem muitas ferramentas para editar vídeos no celular, mas se você quiser dar um toque ainda mais pro touch, existem outras ferramentas de software de edição, como o iStock Video Editor, que ajuda você a criar vídeos de forma rápida e fácil, e o melhor de tudo, você não precisa de nenhuma experiência prévia em design ou edição. Você também pode selecionar os visuais mais adequados para sua marca entre milhares de vídeos, fotografias e ilustrações, essa ferramenta permite que pequenos empreendedores utilizem templates, músicas, cores, fontes e designs personalizáveis ​​para criar vídeos incríveis para suas campanhas a preços super acessíveis.

De qualquer forma, não importa o tipo de negócio você tenha, ou como queira editar, a questão é que você fale o idioma do seu público. Começar com vídeos é um ótimo ponto de partida.

Renata Simões é gerente sênior de conteúdo criativo da iStock na América Latina.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Fortnite volta ao iPhone e ao iPad, saiba como jogar

Fortnite volta ao iPhone e ao iPad, saiba como jogar

Próximo post
Faustão retorna à Band após 34 anos com programa diário (1)

Faustão retorna à Band após 34 anos com programa diário

Posts Relacionados