O ranking BrandZ Brasil das 25 Marcas Mais Valiosas de 2020 apontou o Varejo como o segmento que mais cresceu esse ano, com alta de 72%. Entre as sete marcas que estão no ranking deste ano, a Magazine Luiza segue na liderança com muito conforto, com US$ 5.111 bilhões em valor, sendo considerada hoje o maior case de transformação digital e ominichannel no país. 

Com a chegada da Covid-19, a Magazine Luiza investiu ainda mais em tecnologia dentro de casa, nas redes sociais e em logística, melhorando a experiência do cliente e atraindo mais vendedores para o seu marketplace. Além disso, possibilitou que pequenas e médias empresas pudessem ter acesso ao canal de distribuição da Magalu, o que a fez se reinventar e se tornar uma grande concorrente da Amazon.  

Confira o ranking de VAREJO: 

Ranking 

Marca 

Valor de Marca    2020  

(bi $) 

Valor de Marca    2019 

(bi $) 

Variação do valor de marca 

Magazine Luiza 

5.111 

2.287 

124% 

Renner 

2.273 

1.903 

19% 

Pão de Açúcar  

1.299 

452 

187% 

Lojas Americanas  

1.282 

1.257 

2% 

Extra  

751 

236 

219% 

Assaí 

559 

191 

192% 

Casas Bahia  

365 

452 

-19% 

                             

“Marcas que saíram na frente com a experiência digital, inovação e relacionamento mais próximo com o consumidor conseguiram ter uma performance melhor, criando conexão com seu público, e as marcas de Varejo têm cumprido bem esse papel”, afirma Silvia Quintanilha, vice-presidente de atendimento da Kantar Brasil, sobre a tendência de crescimento no setor varejista brasileiro e mundial.  

Logo atrás da líder, a Renner aparece com um crescimento de 19%, somando US$ 2.273 bilhões em valor. Outra novidade é o Pão de Açúcar com mais de 187% e Extra, a marca que mais cresceu no segmento (cerca de +219%). As Lojas Americanas também tiveram aumento considerável, cerca de 2%, somando US$ 1.282 bilhões. Já o Assaí, que passou por um robusto plano de expansão das operações, abrindo mais 20 lojas, cresceu 192%, atingindo os US$ 559 bilhões. 

Para o BrandZ estabelecer este ranking com as Marcas Mais Valiosas do Brasil, é considerado o valor financeiro, como dados da bolsa e da Bloomberg, e o valor de contribuição da marca, ou seja, a proporção do valor financeiro de uma marca gerado pela sua capacidade de aumentar o volume de compra, além de carregar a metodologia Kantar denominada como premium price