Com a chegada do frio e a pandemia, as combinações para se distrair devem ser certeiras! Por isso, a Jack Daniel’s ressaltou a importância de sempre andar acompanhado de uma garrafa Jack Daniel’s Tennessee Fire, mas é claro que com moderação. Principalmente com todos em casa, os responsáveis pelas campanhas da marca tomaram muito cuidado e conscientizaram todos os consumidores ao consumo excessivo de álcool. 

A marca indica ‘shots gelados’ do whiskey saborizado com toque de canela, e que já agradou o paladar dos brasileiros, e é a verdadeira combinação para esses dias de isolamento e frio.  

 

 

Nós tivemos a oportunidade de conversar com Giuliano Odone, Head de Marketing Brown Forman Brasil, para entender melhor sobre os rótulos da marca, as estratégias e importância do posicionamento durante esse período de pandemia. Jack Daniel’s sempre trouxe um toque de tradição e modernidade e conciliar tudo em mais 150 anos não é uma tarefa fácil. Confira a entrevista: 

ADNEWS – Como foi pensado / desenvolvido o logo da Jack Daniel’s, que é tão tradicional e conhecido hoje em dia?
Giuliano Odone: A resposta para essa pergunta é um grande mistério para todos nós que trabalhamos com a marca. Antes mesmo do período da proibição da venda de álcool nos EUA, na década de 1920, o rótulo e logo já eram muito parecidos com o que temos hoje. Mas se trata de uma marca com mais de 150 anos, então é natural que tenha passado por evoluções no período, mas que ainda remetem ao original, sem nunca deixar o marcante rótulo preto, as filigranas e o nome Jack Daniel´s Old Nº 07.
Provavelmente só o Mr. Jack saberá a real reposta para essa pergunta.

AD – Como foi para vocês pensar nos sabores atuais? Como chegaram ao sabor canela, por exemplo? Vocês já se sentem adaptados ao mercado de bebidas com diferentes sabores?
Odone: Há 150 anos, Mr. Jack Daniel rompia os padrões da época para criar o mais autêntico whiskey dos Estados Unidos. Foram várias tentativas até alcançar o resultado perfeito, desde a escolha dos grãos e mosto, até o dominar o processo conhecido como “charcoal mellowing”: processo artesanal que suaviza a bebida por entre três metros de carvão de maple (um tipo de árvore específica), produzido na própria destilaria. A primeira gota que cai no carvão leva cerca de uma semana para atravessar todo o tanque. É um processo minucioso, mas essencial para garantir a singularidade de Jack. É ele que diferencia Jack de outros whiskeys produzidos na região e o torna um Tennessee Whiskey. Os flavors Jack Honey e Jack Fire, por sua vez, nascem a partir do clássico Old Nº7.

O Jeff Arnett, mestre destilador da marca, lidera uma equipe responsável por inspecionar cada lote de Jack Daniel’s e apontar quando a bebida alcançou seu padrão de qualidade para ser engarrafado. É ele quem cuida também do sabor intenso de Jack Fire e da versão do whiskey com mel, o Jack Daniel’s Tennessee Honey. O rótulo Jack Fire nasceu da combinação do autêntico Jack Daniel’s Old nº7 com a intensidade da canela. A especiaria agrega ainda mais profundidade e aroma ao sabor autêntico de Jack Daniel’s. Fire chegou, na categoria dos flavors, para trazer mais versatilidade à família Jack. Ao longo de 2019, tivemos a expansão da distribuição do rótulo por todo país, garantindo capilaridade no atendimento de distribuidores e consumidores e, apostamos ainda, em um crescimento contínuo para este ano, mesmo com todo o cenário desafiador que estamos vivendo.

AD – Vocês pensam em trazer as tendências dos outros sabores que já existem para o Brasil?
Odone: Sim, com certeza. Sempre estudamos o mercado nacional para entender o comportamento do consumidor e também o espaço para novos lançamentos. O Brasil tem grande relevância comercial em destilados e está entre os 10 maiores mercados para a Jack Daniel’s no mundo. A marca vem crescendo aqui consistentemente nos últimos 10 anos, já que vemos a inserção do whiskey em diferentes ocasiões de consumo e também um rejuvenescimento da marca.

AD – Vocês pensam em produzir novos sabores e novos rótulos?
Odone: Nós sempre falamos sobre como o Mr. Jack era conhecido por ser inovador e também por explorar formas de se fazer as coisas de maneiras diferentes, como incluir a adição de sabores e novos ingredientes. Esta é uma das missões do nosso mestre destilador, Jeff Arnett, que assina a criação dos nossos rótulos saborizados.

AD – Como vocês esperam a combinação do público entre o whiskey, o frio de inverno e os “shots gelados”?
Odone: Jack Daniel’s Fire é conhecido pela combinação perfeita entre a suavidade do tradicional Old Nº7 com o final intenso do sabor da canela. A especiaria torna a bebida ideal para o inverno e o formato do shot gelado entrega toda essa experiência de intensidade e sabor. Este é um sabor que agradou muito o paladar do brasileiro, principalmente, porque ele combina os shots com momentos de alta energia, algo tão intrínseco à nossa população.

AD – Durante a pandemia, como a Jack Daniel’s pensou em se aproximar de seus consumidores?
Odone: Este ano, com todo o cenário atual, replanejamos nossas ações e as reorganizamos com foco em nossos canais online e também a garantida de distribuição junto com toda a nossa rede de parceiros, sejam os principais supermercados ou bares e restaurantes que estejam trabalhando em sistema de delivery e/ou takeway, de forma que a jornada de experiência com a marca será definida pelo consumidor.

Em São Paulo já são mais de 40 opções de bares e restaurantes parceiros para delivery e take away, além de outras regiões do Brasil como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Curitiba, Goiânia e Recife, por exemplo. A marca ainda lançou a campanha “Com amor, Jack”, o vídeo foi criado em resposta ao enfrentamento da COVID-19 em todo mundo e traz uma mensagem de Jack Daniel’s incentivando todos a permanecerem em casa neste período de isolamento social. Resiliência, amor e amizade são os tópicos desta mensagem que retrata consumidores em diferentes interações sociais sem contato físico ao som de uma nova versão da canção “True Colors”, de Cyndi Lauper, gravada em remotamente pelos músicos Kenny Fleetwood e Whitley Little. Ao final do filme, a campanha traz a mensagem: “Querida humanidade, obrigado por tornar o distanciamento social, social. Com amor, Jack. Beba com responsabilidade em casa”. 

 

Em um momento tão delicado como o que estamos vivendo, a Brown-Forman também tem apoiado financeiramente dois projetos muito bacanas: o Menu do Amanhã, em parceria ao influenciador Gabriel Gasparini, e o Bartenders em Casa, do portal Difford’s Guide, que já é nosso parceiro de longa data. O Menu do Amanhã está auxiliando os restaurantes a manterem um caixa saudável em tempos tão atípico da pandemia de COVID-19. Para isso, o cliente compra hoje o voucher por um prato do restaurante para consumi-lo posteriormente. O Bartenders em Casa visa auxiliar financeiramente profissionais da área e incentivar a produção de conteúdos colaborativos durante o período de isolamento social.