“Com todas as dificuldades que economia, e a humanidade, como um todo, está passando, o papel de protagonista no exercício da criatividade estratégica tornou a parceria com uma agência de publicidade como a e21 algo determinante para a sobrevivência dos negócios.”

Com estas palavras, Luciano Vignoli, diretor-presidente da agência, inicia uma análise de um período extremamente rico para a história da agência.

“Foram 90 minutos de pânico e 90 dias de muita ação e intensidade.” Segundo ele, a e21 – e seu braço de consultoria, a R.O.C., procurou valorizar o seu papel de sempre: Mostrar que a marca é relevante na vida das pessoas.

“Precisamos agir: Mostrar que a marca é familiar, presente, parceira, que entende o momento difícil que atravessamos mas que aposta que retomaremos nossas vidas, de um jeito ou de outro, e que estaremos, como marca, vivos,  atuantes e prontos para melhorar, sempre, a vida que levamos. Afinal, é para isso que as marcas existem em essência.”

Novos Negócios

A agência capturou uma série de projetos nos últimos 60 dias, mesmo num período de crise em que os investimentos em comunicação são sempre os primeiros a serem cortados.

São 7 novos clientes até o momento, com projetos que vão desde a consultoria técnica na área de vendas (R.O.C. para Açotubo) até o reposicionamento digital (Stara) e o Branding Estratégico (DONMARIO), passando por uma campanha nacional de promoção e vendas para BETTANIN, um projeto de Design de Embalagens para AGCO-Parts e o atendimento publicitário full-service para TANAC e TDV-SEPTODONT.

“Seguimos oferecendo aos nossos clientes soluções de negócio. Oportunidades de vendas. Formas de mostrar ao mercado vitalidade, criatividade e força. A peteca não pode cair. E temos de ser fonte motivadora para isso”, comenta Fabiano Del Rey, sócio-diretor da R.O.C. –gg Result Oriented Consultancy.

Lançamento da AgroEAD – Uma start-up voltada ao Agro

Resultado da parceria entre 3 players no agronegócio – o Instituto de Educação no Agronegócio (I-UMA), o portal de conteúdo Agrolink e a agência e21, especialista em comunicação para o segmento – surge a AgroEAD, uma nova plataforma na oferta de cursos de capacitação para o setor.

Na união da expertise das três empresas, a AgroEAD se posiciona como uma inovação no nicho de ensino segmentado. Além da capacitação através de conteúdo teórico, a plataforma visa à atualização do produtor, oferecendo as ferramentas necessárias para que ele se posicione de forma efetiva no mercado e contribua para o fortalecimento do setor agro nacional.  

Para Luciano, a iniciativa do AgroEAD alia 3 movimentos estratégicos importantes: 1  A cada vez maior qualificação de gestão do produtor brasileiro; 2  O momento de pandemia que praticamente impede modos de capacitação presenciais; 3 – A digitalização inexorável do meio rural.”

Luciano não adianta, mas avisa: “Temos outras iniciativas como essa em gestação. Vamos ver se dá pra implementar mais uma ao longo de 2020 ainda”. 

Clientes não pararam

“Teremos um segundo semestre que colocará nossos negócios num patamar superior ao que terminamos 2019. E isto nem de longe se refere somente aos novos negócios. Nossos clientes não pararam. Ao contrário. Eles vem aí com tudo!” , afirma Ubiratan Fontoura, Sócio-Diretor Comercial da e21 e da R.O.C.

Como destaca Ubiratan, “perdemos somente um único contrato, mas em compensação, faremos o relançamento integral da marca Gota Limpa, numa vibe que vai surpreender o mercado; Estamos lançando novos produtos em Perto & Digicon; Vamos lançar a marca Metalco e City Design para o grupo italiano The Placemakers; Vamos reposicionar a Aluxa, do mesmo grupo; Vamos lançar produtos novos com a HERC. Massey, está a mil (o Agro não para!); Yara já entregamos mais de 20 campanhas diferentes de produtos; Kepler Weber segue firme; enfim, tem muita coisa sendo trabalhada e que logo chegará na mídia.”

Postura

A agência segue 100% em Home-Office desde o dia 18 de março. Para operar à distância e manter as entregas em alto nível, foi necessário rever toda a operação, buscando um modelo de atuação com fluidez e simplicidade, eliminando processos de burocracia elevada. Além disso, com novos sistemas de gestão, a agência está controlando tudo de maneira automatizada: Produtividade, eficácia, rentabilidade de contratos, etc.;

“Mas o mais importante é que estamos fazendo uma aproximação brutal com os clientes. Vivendo a vida deles. Dividindo as dores. Trabalhando muito e colaborativamente para mostrar caminhos novos, estamos vasculhando o mundo digital atrás de oportunidades, consumidores e negócios”, destaca Luciano.

Não se trata de euforia, segundo os sócios da agência. Se trata, por enquanto, de atitude: A agência não baixou a guarda, aproximou-se como nunca dos clientes, foi ao mercado, criou uma carteira nova de prospecção do zero, converteu negócios e segue capturando novas oportunidades.

“Para nós e para nossos clientes estamos atuando com criatividade estratégica. Aquela que é capaz de trazer resultados em curto prazo e valor de marca para sempre”, finaliza Luciano.