Marketing de Afiliados: O que é e como funciona?

Se você pesquisa sobre Marketing Digital, sem dúvidas já ouviu falar sobre Marketing de Afiliados e suas especificações.

Afinal, apenas em 2020, as vendas através do marketing de afiliados cresceram cerca de 72% segundo o Awin Report 2021, um dos maiores nomes no segmento.

Esses dados trouxeram ainda mais visibilidade para a modalidade e despertou o interesse das empresas que ainda não a aplicam.

Mas, o que é, de fato, o Marketing de Afiliados e como essa modalidade realmente funciona? 

Essas e outras perguntas serão respondidas com propriedade durante o artigo de hoje.

Por isso, se quiser saber tudo sobre o Marketing de Afiliados, bem como os principais tipos de divulgação e os principais canais, continue a leitura!  

O que é Marketing de Afiliados?

Em poucas palavras, Marketing de Afiliados é uma modalidade de Marketing Digital que utiliza afiliados, ou parceiros de divulgação, para aumentar as vendas. 

É uma relação “ganha-ganha” entre as empresas e os afiliados.

Isso porque as empresas podem vender mais produtos sem precisar contratar mais funcionários celetistas.

Já os afiliados, por sua vez, recebem comissões com altas porcentagens a cada venda realizada. 

Como funciona o Marketing de Afiliados

O Marketing de Afiliados funciona como uma parceria entre empresas que querem aumentar suas vendas e profissionais que desejam uma renda extra.

Ou até mesmo uma renda principal divulgando produtos e recebendo comissões.

Simples, não acha?

Um detalhe interessante sobre essa modalidade é que produtos digitais como ebooks, consultorias, mentorias e cursos online também podem ser divulgados. 

Vantagens do Marketing de Afiliados

Dentre todas as vantagens do Marketing de Afiliados, a que se destaca é o baixo custo de aquisição e manutenção das equipes que divulgam os seus produtos. 

Afinal, não existe relação de trabalho formal e, caso a equipe não atinja as metas de venda, a estratégia do negócio não será prejudicada.

Além disso, outros benefícios do Marketing de Afiliados, são:

  • economia de recursos e investimentos da empresa, já que não precisa manter um time fixo nem mesmo sofrer prejuízos com os recursos não vendidos;
  • melhora a reputação de SEO da empresa, já que vários links externos apontarão para o mesmo domínio (página de vendas ou site do produtor);
  • os afiliados não precisam investir muito para iniciar: suas primeiras vendas podem ser orgânicas, ou seja, apenas investindo tempo e energia na divulgação gratuita;
  • existe a flexibilidade para os afiliados, que decidem quanto tempo desejam dedicar para vender.

Principais tipos de divulgação para os Afiliados

Existem muitas estratégias de divulgação para afiliados.

Mas as mais comuns são os custos por atividades realizadas pelo usuário, como você pode notar a seguir.

CPC

A sigla CPC nada mais é do que Custo por Clique e, como o próprio nome sugere, os afiliados recebem uma quantia cada vez que um usuário clicar no seu anúncio ou link.

CPA

O Custo por Ação pode ser considerado um “passo a mais” do cliente no seu funil. 

Afinal, nessa modalidade o usuário precisa, além de clicar em algo anunciado, realizar outra ação mais “valiosa”, como se cadastrar em um evento ou baixar um material gratuito.

CPM

Nos casos de banners, o Custo por Mil Impressões é o mais recomendado, sendo que a empresa paga o anunciante quando 1000 impressões são atingidas. 

Por isso, nesse caso, quanto mais tráfego no site do afiliado, maior será sua remuneração e maior visibilidade a empresa contratante terá.

CPV

Por fim, uma das maiores remunerações é o Custo por Venda, sendo um modo de comissão por cada venda realizada, cujo valor dependerá das especificações de cada empresa. 

Apesar de todas as remunerações serem incentivos válidos para que os afiliados se mantenham engajados e animados, conquistar um nível satisfatório de engajamento nem sempre é fácil. 

Para melhorar a qualidade das entregas do time de produto, responsável pela gestão de produtos digitais, existe a definição de OKR para times de produto

Estudar mais sobre essa ferramenta de Objetivos e Resultados Chave, do inglês Objectives and Key Results (OKR) pode fazer toda a diferença no ambiente e resultados de uma empresa. 

Canais de divulgação dos produtos

Existem muitas possibilidades para divulgação de produtos como afiliado, como:

  • Redes sociais: Instagram, Facebook, Pinterest, LinkedIn e Twitter;
  • E-mail Marketing: para criar relacionamento com os possíveis compradores e nutri-los de conteúdo profundo antes de ofertar seus produtos;
  • Divulgação por meio de vídeos: o YouTube pode ser o maior aliado quando o assunto é gerar conteúdos em vídeo e oferecer produtos como afiliado.

É importante que todas as métricas sejam registradas, nem que seja em tabelas no Excel, tanto pelo afiliado, quanto para o empresário ou sua equipe. 

Afinal, só é possível estipular remuneração, para manter o controle acerca dos números de impressões, com uma organização de dados bem definida.

E isso acontece,  por exemplo,  nas funções básicas do Power BI, da Microsoft.

Quais empresas adotam o Marketing de Afiliados?

Empresas como Amazon, Magazine Luíza, Nuvemshop, Hotmart e Eduzz utilizam, com sucesso, estratégias de Marketing de Afiliados. 

Todas essas são empresas grandes e, sem dúvidas, estratégias de Marketing de Afiliados contribuem para o crescimento e posicionamento da marca no mercado.

Como você pôde perceber, o Marketing de Afiliados é uma ótima maneira de conseguir maior visibilidade para as marcas no mercado digital, é uma aliada à fonte de renda dos afiliados, que ganham conforme sua performance. 

Se você quiser saber mais sobre dicas de marketing não deixe de conferir o blog! 

Total
2
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Heineken traz ao Brasil cooler robô, sucesso nos EUA

Heineken traz ao Brasil cooler robô, sucesso nos EUA

Próximo post

As 5 principais campanhas criativas que você precisa saber agora

Posts Relacionados