Marketing digital: o diferencial dos novos negócios

Marketing digital: o diferencial dos novos negócios

Segundo Caio Cunha, no marketing digital, as marcas precisam saber onde o público-alvo está navegando, quais são as suas dores e necessidades

*Caio Cunha

O mercado digital não pode mais ser ignorado pelas empresas, já que os hábitos de consumo e de trabalho vêm mudando de forma acelerada, especialmente desde que a pandemia teve início. De acordo com um levantamento feito pela rede internacional de franquias de marketing digital WSI, com base em dados do SMO Survey, eMarketer e análises internacionais sobre tendências mundiais, o mercado digital deve continuar em crescimento, neste e nos próximos anos. Isso porque, de acordo com pesquisa da eMarketer, 64% das empresas realizaram eventos ou reuniões virtuais em 2020 e 56% pretendem incorporar a modalidade ainda em 2021.

No Brasil, o cenário não é diferente. O mesmo estudo aponta que estamos na lista dos dez países com maior média de vendas on-line em 2020. Já o relatório Webshoppers, da Ebit|Nielsen, assinalou um crescimento de 23% no número de brasileiros que passaram a comprar pela internet no ano passado. A pandemia acelerou a expansão do e-commerce e hoje ele é um produto essencial. Grandes empresas alavancaram as vendas de forma assustadora, apesar da crise, porque olham para o digital como o caminho para o crescimento dos negócios.

Ferramentas de otimização e de análise de resultados, atualmente utilizadas por agências especializadas em marketing digital, são grandes aliadas dos negócios. Mas, segundo o executivo, em um mercado tão competitivo, os novos empreendedores devem ter em mente quais são seus objetivos para que possam ir ao encontro daquilo que os consumidores esperam deles. Eles precisam saber onde o público-alvo está navegando, quais são as suas dores e necessidades. O marketing digital não é só propaganda, afinal. É se comunicar, tirar dúvidas, responder perguntas e resolver as dores desse público.

Muitas são as oportunidades no digital, mas quando pesquisam sobre um determinado produto ou serviço na internet, os consumidores procuram principalmente informação de qualidade. Os novos negócios, portanto, precisam estar atentos a essa tendência. É preciso levar ao público-alvo um conteúdo que vai agregar valor, que vai apresentar uma solução. Assim, quando esse consumidor tomar uma decisão, vai lembrar da marca porque conheceu, avaliou e conversou com a empresa antes de realizar sua compra. Para ter retorno no universo digital, é preciso tomar as ações corretas.

Caio Cunha é Presidente da WSI Master Brasil, co-Fundador da WSI Consultoria e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board. Com mais de 25 anos de experiência na indústria de tecnologia, atingiu cargos executivos de alto nível, em grandes empresas multinacionais como PWC (com clientes IBM e Unisys), SAP e Hitachi Data Systems, no Brasil e no exterior.

Post anterior

Novo Rebelde chega na Netflix: Vale a pena assistir?

Próximo post
Imagem Divulgação - Cobra Kai

Cobra Kai: O que achamos da 4° temporada da série?

Posts Relacionados