“Moura é um dos jogadores que pode ganhar jogos sozinho”, diz ex-jogador do Tottenham

“Moura é um dos jogadores que pode ganhar jogos sozinho”, diz ex-jogador do Tottenham

O ex-jogador do Tottenham, Darren Anderton, também comentou a ausência de Lucas Moura na final da UEFA Champions League 2019

Neste domingo, 19/9, em mais uma rodada da Premier League, o Chelsea saiu na frente e derrotou por 3 x 0 seu rival londrino, Tottenham, que jogava em casa, no Tottenham Hotspur Stadium. Com o resultado, o Chelsea assume a liderança do campeonato com 13 pontos e Tottenham fica na sétima posição com nove pontos.

Com poucas ameaças ao gol e não jogando seu melhor futebol, o Tottenham, comandado pelo português Nuno Espírito Santo, contou com uma grande baixa em campo: o jogador Lucas Moura, que saiu machucado no jogo contra Rennes.

Para o ex-jogador do Tottenham Darren Anderton, o atacante Lucas Moura, que já vestiu também a camisa do São Paulo e do Paris Saint-Germain, atualmente, é um dos melhores jogadores do clube inglês. “Gosto muito dele como jogador. Acho que, às vezes, ele te deixa frustrado, mas depois você vê do que ele é capaz. Eu realmente gosto dele. Acho que se ele recebesse a confiança de um treinador e tivesse a chance de jogar todas as semanas, ele seria ainda melhor”, afirmou./

“Para mim, o Moura é um dos jogadores que temos, que pode ganhar jogos sozinho. Leva um chute, levanta, não rola. Não é fácil vir e jogar na Premier League, mas acho que ele é duro e pode lidar com isso”.

Polêmica e frustração no final da Champions League

Em 2019, jogando na Champions League, Lucas Moura protagonizou um jogo histórico. Na semifinal entre Tottenham contra o Ajax, quando o time adversário já marcava dois gols, Moura, em uma virada incrível, marcou três gols, o último nos minutos finais da partida, e colocou o time inglês na final.

Foto: Reprodução/UEFA

No entanto, o banho de água fria viria depois, quando o jogador não foi escalado para disputar a final contra o Liverpool, marcando presença apenas no banco de reservas. Recentemente, Moura falou sobre o episódio ao Resenha ESPN e como ficou sabendo que não jogaria no dia da partida. “(Fiquei sabendo) No dia do jogo, a gente saindo do hotel, naquela última preleção no hotel, que já sai e vai para o estádio. Até o clima ficou meio tenso entre os jogadores, porque ninguém entendeu nada, ficou aquele silêncio e tal”, contou. “Foi um banho de água fria, né?! Porque futebol é confiança. Claro, você tem que ter o talento, tudo, mas o cara quando tem o talento e está na confiança ali, as coisas fluem. E aquele era um momento que eu estava me sentindo muito bem, me sentindo muito confiante, à vontade”, lembrou o jogador ao ESPN.

O ex-jogador Darren Anderton também comentou a falta de Lucas Moura na final. “Mesmo tendo feito um hat trick na semifinal contra o Ajax, ele não chegou a jogar na final. Isso é loucura! Absolutamente louco! Como ele deve se sentir? Levar o Tottenham à final sozinho e ouvir que você não vai jogar na final. Você precisa da confiança de seus treinadores, seus companheiros de equipe e, se você fizer algo assim e não puder fazer nada melhor, então você não está jogando”, afirmou.

Será que o Tottenham briga por algum título nesta temporada?

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Elle

ELLE Brasil: Assinantes agora escolhem a capa que desejam receber

Próximo post
A comunicação está sendo ressignificada Wagner Andrade tbtlive

“A indústria da comunicação está sendo ressignificada”, diz Wagner Andrade |#TBTLIVE

Posts Relacionados