Que tal nadar com baleias de várias espécies no oceano, sem precisar comprar o passeio, ou a roupa de mergulho? A experiência é uma das atrações do Pixel Show 2019. Com o avanço da tecnologia e o crescimento das imersões em realidade virtual, o festival reservou um lounge exclusivo para essas experiências imersivas.

O filme de realidade virtual que te leva para nadar com as baleias, chamado Ocean Mind, é uma peça do estúdio Mackevision, um dos mais conceituados em projetos tecnológicos para cinema, TV e publicidade. O desenhista, músico e cineasta do estúdio, Steffen Bärenfänger, estará no auditório principal do evento para falar sobre a tecnologia em seus processos de criação. O alemão vem ao Brasil pela primeira vez para apresentar a experiência no mar, que também foi uma das estrelas do festival SXSW.

“A tecnologia e a realidade virtual te permitem fazer muita coisa. Você pode usá-las para tudo, seja para um conteúdo em massa ou para produzir algo super personalizado. Mas a tecnologia não é a mãe de tudo. O que será sempre crucial é ter uma ideia boa e única”, destaca Bärenfänger.

O cineasta também já participou de produções hollywoodianas conhecidas do público mundial, como o filme Independence Day e a série Game of Thrones. “Para essas produções há um orçamento e tempo muito bem definidos, mas no fim elas têm o mesmo objetivo: criar um mundo para o telespectador que deve ser ao mesmo tempo impressionante e altamente divertido. Para um criativo apaixonado, esses deve ser os objetivos a serem perseguidos”, comenta.

A tecnologia é hoje uma aliada no processo de criação de qualquer produto, e por isso o assunto também é tema de sala no Pixel Show. “É importante que os criativos lidem constantemente com a tecnologia e se inspirem nela. Isso pode ser muito divertido, à medida que a tecnologia evolui, abrindo novas oportunidades para a criatividade”, comenta Allan Szacher, head de curadoria do festival, responsável por escolher os temas debatidos em cada espaço.

Foi a partir da tecnologia que o estúdio Arvore, do brasileiro Ricardo Laganaro, alcançou destaque internacional. Laganaro é o diretor responsável pelo curta metragem A Linha, o primeiro produzido em realidade virtual no Brasil. O filme foi premiado no festival de cinema de Veneza no início do ano e estará em exibição no VR Lounge.

No espaço também é possível jogar os games de realidade virtual e participar de diversas imersões, além do Ocean Mind. O VR Lounge é gratuito e aberto ao público de todas as idades no Pixel Show.

Para conferir a programação da Conferência do Pixel Show e todas as atrações da Feira de Criatividade, acesse o site.

Serviço

Festival Internacional de Criatividade Pixel Show 2019 – 15ª Edição

Abertura da Conferência: 29/11 às 19h.

Neste dia, o credenciamento acontecerá a partir das 17h.

Festival e Conferência: 30 de novembro e 1 de dezembro, das 08h às 21h.

Local: espaço de eventos Pro Magno (São Paulo).

Av. Profa. Ida Kolb, 513 – Casa Verde/ SP