O Quibi é a nova plataforma de streaming que promete revolucionar a maneira de assistir conteúdos. O novo serviço promete focar em filmes e séries no modo mobile, e com conteúdos mais curtos – de 7 a 10 minutos – para que você possa acompanhar em seu cotidiano, a qualquer hora e em qualquer lugar.

A data de lançamento está prevista para o dia 6 de abril, e já contará com um vasto catálogo para competir no mercado. Serão disponibilizados mais de 170 programas e cerca de 8.500 clipes, ao longo de seu primeiro ano, porém, logo de cara já se pode encontrar mais de 50 programas na plataforma.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Original content. Episodes 10 minutes or less. Coming to Quibi.

Uma publicação compartilhada por Quibi (@quibi) em

 

A ideia é que o Quibi traga uma proposta diferente aos assinantes, no intuito de se destacar das gigantes, como Netflix, Amazon, HBO Max, Hulu e muitas outras empresas que trabalham com o conteúdo On Demand.

Uma observação que talvez cause estranheza nos novos assinantes é que os filmes que estarão presentes na plataforma serão divididos em capítulos, mas em contrapartida, é excitante saber que teremos conteúdos próprios no app, e que já serão pensados na nova forma do Quibi. Um exemplo disso é uma suposta série do diretor Steven Spielberg, “Spielberg’s After Dark” que só poderá ser reproduzida durante a noite. Para isso, a empresa terá que ativar a localização dos usuários para saber quem está próximo do pôr do sol, e para os que gostam de maratonar, muito cuidado! Assim que o sol nasce, a série para de ser exibida.

Outra novidade é a parceria com a ESPN e a CBS News, que terá programas jornalísticos diários dentro da nova plataforma. Com grande investimento, diversos estúdios já fecharam acordo com a plataforma, para que seus conteúdos também sejam distribuídos, como a Warner, Disney, MGM e Sony Pictures.

Se você já está curioso sobre como será os preços do Quibi, nós já vamos te adiantando… Inicialmente estarão disponíveis dois planos: o primeiro irá conter anúncios de 10 a 15 segundos nos vídeos de até 10 minutos, e custará cerca de R$20; a segunda opção é livre de anúncios, e custará em torno de R$ 30 para os assinantes brasileiros.