Sistema operacional Huawei chega aos smartphones na Ásia

Sistema operacional Huawei chega aos smartphones na Ásia

Após atualização do HarmonyOS, o sistema operacional desenvolvido pela Huawei, uma ampla gama de produtos, incluindo smartphones, sofrerá instalações com a nova atualização.

HarmonyOs foi apresentado em uma grande conferência transmitida em todo o mundo na quarta-feira, antes de seu lançamento na Ásia. Ainda não há data para o lançamento global do sistema operacional.

A Huawei também mostrou um novo modelo de smartwatch, tablet e acessórios, com foco em como o HarmonyOS funciona em dispositivos e eletrodomésticos.

Uma proibição comercial imposta pelos EUA no ano passado impediu efetivamente que os dispositivos da Huawei funcionassem totalmente com a plataforma Android do Google, porque bloqueou o acesso a aplicativos essenciais como o Gmail.

A proibição comercial imposta pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não impediu que os aparelhos da Huawei usassem o Android por completo, mas limitou sua funcionalidade.

O HarmonyOS até agora só está disponível em algumas TVs inteligentes.

No entanto, a Huawei disse que não considera o Harmony um substituto para o Android, que representou 85,4% dos smartphones vendidos em 2019.

O iOS da Apple ficou com os 14,6% restantes, de acordo com a empresa de pesquisas IDC.

Outros sistemas operacionais, como o Tizen da Samsung e o Fire da Amazon, não conseguiram atrapalhar o mercado de celulares.

Sem novos telefones

Durante o lançamento de quarta-feira, o foco permaneceu firme em como o novo sistema operacional funciona com outros dispositivos conectados à internet, como tablets, alto-falantes inteligentes e televisores.

Ele mostrou versões do novo sistema rodando em seus telefones e também em dois novos produtos – o Huawei Watch 3 e o tablet MatePad Pro.

Não foi revelado nenhum novo smartphone da Huawei, com a empresa dizendo que seu próximo grande modelo, o P50, ainda não tinha uma data de lançamento planejada.

Mas ele provocou o próximo dispositivo com uma renderização parcialmente obscurecida da parte traseira do telefone, mostrando quatro câmeras contidas em uma série de dois grandes círculos.

Em suas demonstrações de vídeo, a Huawei sugeriu que arquivos e outros conteúdos poderiam ser passados ​​entre telefones, tablets, TVs e computadores com facilidade usando seu sistema HarmonyOS unificado.

“O HarmonyOS foi projetado para fornecer a cola entre uma crescente variedade de dispositivos conectados que a Huawei tem como alvo”, comentou Ben Wood, analista-chefe da CCS Insight.

“A Huawei espera poder seguir o exemplo da Apple, tendo uma única plataforma de software que se estende em todas as direções, proporcionando uma experiência perfeita para os clientes que compram em seu ecossistema de produtos.”

A agência oficial de notícias da China, Xinhua, informa que a gigante da tecnologia com sede em Shenzhen está prevendo que 300 milhões de dispositivos serão equipados com HarmonyOS até o final do ano.

Houve grande empolgação antes do lançamento na China, disse o analista de mídia da BBC na China, Kerry Allen. “Os usuários das redes sociais perceberam como os personagens de ‘harmonia’, ‘hong’ e ‘meng’ significam ‘ambição’ e ‘bondade'”, disse ela.

“Divisões do movimento jovem da China, a Liga da Juventude Comunista, e até mesmo resgate de incêndio e contas oficiais do tribunal, têm promovido o novo sistema. Na semana passada, mais de 17 milhões de usuários do Weibo leram postagens que incluem a hashtag ‘TheHarmonySmartphoneSystemIsHere’. “

Matéria traduzida do BBC escrita por Zoe Kleinman.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Filmagens do novo Missão: Impossível são paralisadas novamente!

Próximo post
Toddy chocolate branco

Toddy lança versão limitada de achocolatado de chocolate branco

Posts Relacionados