Whatsapp testa envio de imagens que se apagam sozinhas

Whatsapp testa envio de imagens que se apagam sozinhas

Fotos, vídeos e gifs podem sumir automaticamente após um tempo numa possível atualização do Whatsapp

O Whatsapp deve lançar a função de mídias temporárias, que se autodestroem, na próxima atualização do aplicativo. O recurso está em desenvolvimento e deve ser testado na versão beta do Whatsapp para Android, ele funciona de forma parecida com o envio de imagens pelo chat do Instagram, que podem ser habilitadas para desaparecer após uma ou duas visualizações.

A ferramenta servirá para enviar fotos, vídeos e gifs de forma “mais privada”, como a empresa descreveu. No entanto, o Whatsapp deixou claro que, apesar de se autodestruírem após a visualização, as mídias ainda podem ser gravadas por meio da captura de tela, já que não há um recurso que avise sobre esse tipo de ação e nem há previsão para que ele seja desenvolvido.

Atualmente, o Whatsapp já possui uma função que permite o envio de mensagens temporárias, que pode ser ativado na conversa pretendida e somem após 7 dias. Além disso, todas as mensagens podem ser apagadas até quase uma hora depois de serem enviadas.

No Telegram, um dos maiores concorrentes do Whatsapp, é possível programar qualquer mensagem para se autodestruir, sejam eles em texto ou mídias (vídeos, fotos).

De acordo com imagens divulgadas pelo site WA Beta Info, é possível deduzir que o mensageiro permitirá que o remetente determine quantos segundos a foto será exibida para o destinatário, de forma parecida com o modo de envio de imagens do Snapchat. Confira:

WA Beta Info/ Reprodução

As informações desse artigo foram encontradas no site WA Beta Info, acesse no link:

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
BETC HAVAS

BETC HAVAS anuncia novos diretores na equipe estratégica

Próximo post
A Voz Suprema dos Blues

A Voz Suprema do Blues vence Oscar e reforça o brilho da moda africana

Posts Relacionados

Por favor, desabilitar Adblock para visualizar conteúdo do site.