O Facebook pensou em melhorar a vida dos fãs de games e lançou um novo recurso que facilita a gameplay de todos, nos celulares com sistema operacional Android e para a plataforma da versão no desktop. Se você era aquela pessoa que sofria com armazenamento e não conseguia iniciar jogos de alta performance, fique tranquilo – porque você ERA! Agora, será possível rodar os jogos direto da rede social. 

A tecnologia processa os títulos em um formato de nuvem, e ainda permite que os usuários possam compartilhar suas partidas direto no Facebook. Em comparação, o novo recurso é menor do que os serviços de streaming similares, como o Stadia (Google), o Luna (Amazon), o GeForce NOW (Nvidia), ou o xCloud (Microsoft). 

Grandes jogos como ‘Perguntados’, ‘WWE SuperCard’, ‘Dirt Bike Unchained’, ‘Asphalt 9: Legends’, ‘PGA TOUR Golf Shootout’, o clássico UNO e o famoso 8 Ball Pool. Além disso, Among Us, a mais nova febre da internet também está disponível. 

Ainda não há previsão para que os usuários do iOS possam utilizar da novidade, isso porque, segundo o próprio funcionário, a Apple utiliza de regras de privacidade e restrições de usabilidade especificadas nos termos e condições da Apple Store. Quando falamos de games em nuvens e Apple, o assunto é delicado, já que a empresa vem em um processo lento para permitir aos seus usuários esta nova experiência. 

Ainda não existe um consenso entre Facebook e Apple, mas as conversas continuam e prometem se estender até que os dois lados sintam-se confortáveis. Segundo Jason Rubin, em entrevista ao TechCrunch, para a Apple o problema não é necessariamente as questões financeiras, já que o Google obtém 30% nos cortes das transações dentro dos jogos.

“Podemos conversar sobre se é ou não justo que o Google fique com esses 30%. Mas estaríamos dispostos a dar à Apple os 30% agora, se eles simplesmente deixassem os consumidores terem a oportunidade de fazer o que estamos oferecendo aqui.”, explica o experiente executivo de jogos. 

Por enquanto, o Facebook está mantendo esse lançamento de forma bem conservadora, disponibilizando apenas alguns títulos, em espécie de testes. Nos Estados Unidos, algumas regiões já contam com o acesso ao novo serviço gratuito dos jogos em nuvens, como Califórnia, Massachusetts, Nova York, Nova Jersey, Washington, DC, Virginia e Pensilvânia. Isso ainda acontece, pois existem limitações técnicas dos games, quando o usuário necessita estar próximo dos data centers onde foi implementado para ter uma boa experiência. Segundo a empresa de Mark Zuckerberg, a ideia é que o lançamento geográfico se expanda durante os próximos meses.