Mastercard tarjas magnéticas

Mastercard eliminará tarjas magnéticas a partir de 2024

De acordo com a empresa, a previsão é de que até 2029 os cartões com tarjas não serão mais emitidos

Com a evolução das tecnologias empregadas nos cartões, as tarjas magnéticas foram cada vez menos usadas e Mastercard pretende extingui-las a partir de 2024. A empresa afirmou que deseja ser a primeira a eliminar o método e que pouco tempo após a transição, ele não será mais necessário na Europa.

Em outros locais, como os Estados Unidos, por exemplo, a mudança começa somente em 2027. Isso acontece porque a adesão ao chip EMV, usado em 86% das transações realizadas no mundo todo atualmente, é muito menor no país. Lá, cerca de 73% dos pagamentos pelo cartão ainda usam a tarja, segundo dados de 2020.

Apesar de atrasar em dois anos a transição, Mastercard garante que cartões da empresa com tarjas magnéticas não serão mais emitidos a partir de 2029. Ainda que carreguem o chip EMV, Mastercard reforça que os pagamentos feitos sem contato, como por aproximação, cresceram durante a pandemia e podem ser uma tendência.

De acordo com a empresa, as transações realizadas dessa maneira aumentaram um bilhão no primeiro trimestre de 2021 em relação ao do ano passado. Vale ressaltar que os pagamentos digitais também estão incluídos nesse número, como por meio de um smartphone, e não apenas aqueles pela aproximação do cartão.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior

Bullet conquista novos clientes: Visa e Seara

Próximo post

Crítica – Free Guy – Assumindo o Controle vai divertir nos cinemas

Posts Relacionados