Trident se transforma em Prident no mês do orgulho LGBTQIA+

Trident vira Prident no mês do orgulho LGBTQIA+

Além das celebrações do orgulho LGBT+, Trident vai doar 50 mil reais para a Casa Florescer, ONG de apoio à comunidade

No mês que comemora o Orgulho LGBTQIA+, Trident passa a ser PRIDENT, em alusão ao termo “orgulho” – em inglês, “pride”, como forma de incentivar o orgulho e a coragem de ser quem se é. Com o mote “Vamos usar nossas cores, para apoiar todas as cores”, a ação foi criada pela agência Leo Burnett Tailor Made, junto com a Mondelez International.

Durante o mês, todas as comunicações oficiais da marca, incluindo o avatar de Instagram, Twitter e de outras redes, serão alteradas para PRIDENT. Além disso, a marca vai dar apoio para a ONG Casa Florescer, que vai auxiliar na reforma do centro que acolhe e atende mulheres trans, e na implantação da primeira unidade de acolhimento a homens trans da instituição.

O novo projeto, que está em fase inicial, receberá o nome de Casa João Nery, em homenagem ao psicólogo, ativista da causa LGBTQIA+ e primeiro homem trans a realizar a cirurgia de redesignação sexual no Brasil. A iniciativa reforça o compromisso com a diversidade e inclusão de Trident, pilares presentes na atuação da marca há diversos anos.

A nova identidade visual PRIDENT pode ser conferida em todos os perfis da marca nas redes sociais. A campanha será amplificada nas plataformas digitais por meio de influenciadores como Preta Gil, Gloria Groove, Samira Close, Urias, João Pedrosa (ex-BBB), HeeyCat, Bia Ferreira, Gabriela loran, Pepita e Gil do Vigor.

Casa Florescer e Trident

A Casa Florescer é um centro de acolhida pioneira no Brasil que acolhe e atende 30 mulheres transexuais e travestis. É administrada pela instituição Coordenação Regional das obras de Promoção Humana – CROPH em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e Secretaria Municipal de Direitos Humanos.

Ficamos muito felizes quando recebemos oportunidades como essa que a Trident nos trouxe. Quanto mais pessoas estiverem falando, mais seremos ouvidos. A Casa João Nery vai oferecer serviços como saúde, recolocação no mercado de trabalho, retorno à educação e capacitação profissional , para que esses homens sejam vistos, respeitados e se sintam parte da nossa sociedade. Todos esses serviços já podem ser vistos na unidade Casa Florescer, que, com o apoio da marca, vai ficar ainda melhor para acolher nossas mulheres trans“, comenta Alberto Silva, responsável pela ONG CAE – Casa Florescer.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Anitta Nubank

Anitta entra para o Conselho de Administração do Nubank

Próximo post
We'll Meet Again

“We’ll meet again”: Heineken celebra socialização com responsabilidade

Posts Relacionados