O giro no mundo mobile: do horizontal ao vertical

Mobile

Não é mais novidade que o digital trouxe uma velocidade ainda maior para as transformações. Novos hábitos, formas de agir e pensar surgem quase que diariamente e é preciso estrar preparado para se adaptar no mesmo ritmo das mudanças. Entretanto, mais do que rápidas transformações, podemos dizer que o mundo girou. O fato de estarmos 100% do tempo conectados aos smartphones nos impõe uma alteração de ângulo e ponto de vista deixando para trás a visão horizontal e ingressando no olhar vertical.

 Esta mudança de comportamento dos consumidores por conta da força do mobile e a preferência dos usuários pelo consumo de vídeos, exige dos anunciantes e marcas, a compreensão de que é fundamental incluir no mix de publicidade mobile, formatos focados em vídeo, especialmente os mais inovadores como, o vertical e 360º. Segundo levantamento do MOVR - Mobile Overview de 2014, os usuários de smartphones mantêm seus telefones verticalmente por 94% do tempo.

 Abaixo menciono cinco razões para as marcas investirem neste formato de publicidade:

1)  Pessoas costumam usar o celular na vertical - estamos historicamente condicionados a usar os smartphones dessa maneira, sendo um formato mais fácil de consumir conteúdos. 

2)    Redes sociais também aderiram à tendência – depois do crescimento do Snapchat, - que já utiliza esse formato de vídeo- outras redes sociais (Instagram, Facebook, Twitter e YouTube) também o adotaram, atendendo as necessidades dos usuários.

3)    Mídias sociais são mais acessadas pelo celular – antes uma marca ter um site na versão desktop e mobile era considerado uma enorme vantagem competitiva em relação aos concorrentes. Hoje em dia tornou se praticamente uma obrigação. Segundo pesquisa do comScore’s ‘Cross-Platform Future in Focus 2016’, quase 80% das pessoas acessam as mídias sociais por algum dispositivo móvel e 61% acessam apenas em smartphones.

4)    Experiências mais envolventes - quando se trata de assistir a vídeos ao vivo, por exemplo, os espectadores que seguram os celulares verticalmente podem se envolver com reações e comentários de uma forma mais natural e profunda. 

5)    Vídeos verticais possuem maior taxa de conclusão – cada vez mais, as marcas possuem insumos que comprovam o maior engajamento em anúncios em vídeo vertical. O Snapchat fez uma pesquisa interna informando que as taxas de conclusão de vídeo vertical em tela cheia eram nove vezes maiores do que a dos anúncios em vídeos horizontais. O estudo InMobi mostra, ainda, que 80% dos usuários assistiram o vídeo vertical até ao final, gerando o dobro de engajamento.

Outro formato que vem agradando tanto as marcas como os usuários são os vídeos nativos. São menos evasivos, geram maior engajamento e relevância, podendo ser uma poderosa estratégia para contar histórias.O gasto em publicidade de vídeo móvel dos EUA está previsto para alcançar US$ 8 bilhões até 2019.  Por isso, as agências e marcas precisam entender esta mudança de olhar e se adaptarem as novas necessidades do consumidor. O mundo mobile girou. Será que todos estão preparados para isso?

 Alberto Pardo é CEO e fundador da Adsmovil

Deixe seu comentário: