VIVA conversa com jovens e prova que bom conteúdo não envelhece

Bons conteúdos são atemporais. Na publicidade, quem não se lembra do filme “O Primeiro Sutiã” feito por Washington Olivetto? Ou então, tem alguém que nunca cantou o jingle da Danette criado pela Young & Rubicam? E quando a reação são risadas, existe alguma pessoa que nunca riu com a Tartaruga da Brahma criada por Fábio Fernandez da F/Nazca? Certamente poucos brasileiros respondem de maneira negativa às questões.

Se o envolvimento nacional com os “reclames do plim plim” é tão grande, com os programas que permeiam a grade televisiva ele é infinitamente maior. Por isso, produções como “Escolinha do Professor Raimundo”, “Sai de Baixo” e “Malhação” são parte integrante na memória afetiva do Brasil, fazendo com que seus bordões e personagens sejam relembrados diariamente.

Com extenso tempo de veiculação, alguns programas que fazem parte do imaginário do país são vistos de maneira equivocada como algo que ficou no passado, mas isso está bem longe da verdade.

 

O perfil de quem não sai de cima da televisão

Em 2017, o canal VIVA fez uma pesquisa em parceria com o Studio Ideias e o instituto Análise, para destacar o perfil e as impressões de quem o acompanha. De acordo com o estudo, 91% das respostas indicam que “canal VIVA é para todos, não importa a idade”. 79% avaliam que “com o VIVA tenho momentos de união familiar”. 83% concordam com a frase “assistir ao canal me ajuda a levar a vida mais leve, com mais diversão e menos problemas”.

Além disso, os entrevistados destacaram entre as características do veículo a valorização dos vínculos, ser um lugar de conforto, aproximar as diferenças sem criar embates e ser um canal capaz de reinventar a relação do passado com o presente. Dessa maneira, ele reaproxima as diferentes gerações em torno dele.

 A partir desses insights, o canal atualizou o seu visual e trouxe às telas uma roupagem contemporânea e divertida.  “Ficou ainda mais evidente para nós que o VIVA tem valores muito importantes para o telespectador. É para toda a família, um ponto de encontro no tempo, onde as gerações se reúnem. Para alguns, o conteúdo é um resgate da memória afetiva. Para outros, é pura novidade. O sucesso dos memes na internet reforça isso, esse potencial de unir as gerações”, explica Polika Teixeira, gerente de marketing do canal. 

VIVA os memes

Alinhado ao tempo atual, o VIVA, um dos canais mais assistidos da TV por assinatura, se repaginou e estreou dia 19 de março um visual completamente novo. Com logotipo renovado, chamadas inspiradas na linguagem virtual e peças modernas para as redes sociais desenvolvidas pela área de Comunicação & Branding Globosat, o VIVA expressa sua atemporalidade.

“Veremos na TV os memes que ganharam as redes sociais. Chamadas e pílulas serão inspiradas nos trejeitos e nos bordões de personagens icônicos, levando para o on air a versatilidade do que já é sucesso no ambiente digital”, avalia Daniela Mignani, diretora do VIVA

Em publicações, a fanpage diverte seus seguidores com vídeos bem-humorados sobre seus conteúdos em exibição. Veja abaixo alguns exemplos de produções que se transformaram em peças de social media:

Explode Coração 

Sinhá Moça

 

Mais Você

 Bebê a Bordo

E os Trapalhões 

O VIVA é POP

 Dessa maneira, com produções queridas por diversas gerações e uma comunicação que engaja o público jovem nas redes, o canal mantém um contato com todas as idades. O resultado do projeto é perceptível em números: há oito anos ele é um dos líderes de audiência na TV paga e seu perfil no Facebook conta com mais de três milhões de seguidores. 

Para explorar o dinamismo dos tempos atuais sem esquecer do passado, as chamadas ganharam trilha sonora com clássicos da música brasileira revisitados por intérpretes contemporâneos. Na primeira fase, Gaby Amarantos e Mahmundi emprestam suas vozes para “Beat Acelerado”, da banda Metrô, e “Fullgás”, de Marina Lima, respectivamente.

Em constante atualização, o canal se renova com hotsite modernizado, novo logo de cores fortes e vibrantes, fanpage que fala a língua de quem não sai da internet, um endereço pensado especialmente para anunciantes e a comprovada certeza do que o que tem qualidade não tem idade para deixar de ser pop

 “O VIVA é um convite a revisitar os grandes clássicos que marcaram diversos momentos das nossas vidas, e traz mais diversão e leveza para presente. O VIVA resgata o hábito de assistir TV com a família reunida para curtir uma mesma programação, e a nova comunicação visual aponta para esse forte potencial de conexão”, finaliza Daniela Mignani.

Native Ads

Deixe seu comentário: