A Família NCIS: séries da franquia são grande sucesso de audiência

ceinam

Quando foi lançada, lá em 2003, NCIS era um mero spin-off de uma série que teve um razoável sucesso na época JAG – Ases Indomáveis. Ninguém poderia imaginar que 14 anos depois, ela ainda continuaria a ser um enorme case de audiência. Na verdade, ainda hoje é a série dramática americana de maior sucesso no mundo. A série, estrelada por Mark Harmon não só sobreviveu a várias saídas de personagens importantes da história, como também deu frutos. Duas outras séries, NCIS: Los Angeles e NCIS: New Orleans são exibidas hoje também em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Se você ainda não conhece NCIS, saiba que ela narra aventuras de uma agência de governo especializada em crimes envolvendo a marinha americana, liderada por Leroy Jethro Gibbs (Mark Harmon, hoje em dia um dos atores mais bem pagos da TV). Aqui no Brasil, ela é exibida pelo canal AXN, que acabou de passar os inéditos da 14ª temporada. Nos Estados Unidos, a 15ª começará em setembro. Mas ela virá com novidades. Jennifer Esposito (Quinn) já anunciou que vai sair da série após uma única temporada. A personagem foi criada e concebida pelo showrunner Gary Glasberg, que faleceu. Considerando que agora os novos produtores, George Schenck e Frank Cardea, pretendem ir em novas direções, Quinn provavelmente será uma das atingidas pelo cliffhanger do último episódio, onde ela atendeu dois telefonemas de sua mãe, cujo conteúdo não foi revelado. Na verdade, ela não fará falta, já que nunca pareceu realmente parte do time.

Um dos filhos bem-sucedidos de NCIS é NCIS: Los Angeles, que mostra o dia a dia dos parceiros de Los Angeles de NCIS. Como são responsáveis por projetos especiais, normalmente tem que trabalhar disfarçados. Estrelada por Chris O’Donnell, vai estrear sua 9ª temporada em 1 de outubro lá nos Estados Unidos. Por aqui, o canal A&E ainda está exibindo a 8ª, inclusive neste sábado, às 22h25, vai mostrar o episódio de despedida de Miguel Ferrer, que faleceu em janeiro último. Ele fazia a Owen Granger, diretor assistente da equipe, que tinha um passado misterioso.

A última cria é NCIS: New Orleans, que já vai para sua 4ª temporada. Infelizmente, no Brasil, a 3ª, que por lá terminou em maio, vai estrear por aqui somente no dia 1 de julho. Mais uma dessas coisas difíceis de entender na programação da TV por assinatura brasileira.  Nela, Scott Bakula é o Agente Especial Dwayne Pride, que também investiga os crimes envolvendo militares em New Orleans, uma cidade muito procurada pelos militares de licença, e que podem achar muitos problemas no caminho.

Tanto Los Angeles quanto New Orleans foram lançadas como parte de episódios especiais de NCIS. Por esse motivo, em diversas oportunidades foram feitos crossovers entre elas, com os atores fazendo participações especiais em determinados episódios.

Eliane Munhoz é a idealizadora do Blog de Hollywood

 

Deixe seu comentário: