Marca de móveis ironiza acusações de machismo

alezzia

Quem acha que o ano de 2016 já acabou e não há mais tempo para polêmicas, está enganado. Uma campanha iniciada nas redes sociais pela marca de móveis de aço inox Alezzia causou o furor do público. Tudo começou ontem (15), quando a empresa resolveu publicar algumas imagens de mulheres com maiô ou biquíni anunciando seus produtos, em um contexto bem complexo de se entender.

Tal linha de comunicação não se restringe à fanpage. Em um dos anúncios, divulgado no site, uma mulher aparece praticamente nua, sentada em uma das cadeiras comercializadas pela marca. A legenda? "Beleza interior são os nossos móveis na sua casa".

Após as publicações, os seguidores da página passaram a criticar veementemente a postura da empresa e condenaram a estratégia de objetificação da mulher. Parecendo não se importar muito com a repercussão negativa, a marca passou a responder os usuários com ironia, como no post abaixo, por exemplo.

Tudo ganhou proporções ainda maiores quando a usuária Bruna Bones postou a sua reclamação. A resposta da empresa foi em tom de desafio: se a seguidora conseguir baixar a nota da marca no Facebook para 1.1 até Janeiro de 2017, ela ganharia um cupom de R$ 10 mil para gastar na loja virtual da empresa. Caso não chegue, a AACD (Associação de Apoio a Criança com Deficiência) ganha um cupom de 5 mil. Se a avaliação chegar a 4, a mesma entidade recebe 10 mil.

Nem a tentativa de "boa ação" foi capaz de conter as críticas, que continuam surgindo aos montes na página da Alezzia, que no momento tem a avaliação de 2.2. Navegando pela fanpage, é possível perceber que a linha estratégica de comunicação da empresa de móveis é antiga, como mostra o vídeo abaixo, que exibe uma mulher de biquini atirando uma cadeira ao mar. 

Deixe seu comentário: