Cartoon Network convoca super-heróis contra o zika

ZIKAAAAAAAA

“Chamando todos os super-heróis. Não é uma simulação. As nossas comunidades foram invadidas por perigosos mosquitos e precisamos de ajuda”. Com estas palavras, a Cartoon Network América Latina está lançando “Missão Zika”, uma campanha educativa para conscientizar sobre o vírus zika na América Latina, com anúncios de utilidade pública informando sobre a doença e como evitar a sua transmissão.

A campanha é uma colaboração entre o Cartoon Network América Latina, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), que se dedica a melhorar a saúde em todos os países nas Américas, e o Unicef, que trabalha para proteger as crianças em todo o mundo. No Brasil, a campanha está sendo assinada em parceria com o Ministério da Saúde em um esforço nacional de combater a epidemia de zika no país.

Como parte da campanha, nas instruções da missão, os jovens super-heróis são convocados a ajudar a combater a propagação do vírus e a se proteger, bem como proteger a própria família e vizinhança.

“A sua missão é organizar uma equipe de busca de todo tipo de recipiente que possa acumular água em casa, no quintal ou na sua vizinhança. Baldes, pneus, vasos de plantas e potes de água de animais domésticos devem ser mantidos cobertos ou esvaziados uma vez por semana”, informa o comunicado de utilidade pública.

A meta da campanha, que chama à ação vários dos personagens mais queridos pelo público infantil como As Meninas Superpoderosas e Ben 10, é informar e promover a participação das crianças no combate ao zika, eliminando os focos do mosquito.

As crianças podem ter um papel ativo na prevenção e no controle do zika em casa, na escola e na comunidade ao ensinar os outros como prevenir a infecção. “Esta campanha é uma grande oportunidade de engajar as crianças e permitir que contribuam para a solução”, disse Marita Perceval, diretora regional do Unicef para América Latina e Caribe.

Deixe seu comentário: