Jeep cria websérie para contar histórias de quem "recalculou a rota" da vida

jeep

Quatro pessoas, quatro histórias e um ponto em comum: todas recalcularam as rotas de suas vidas. As experiências de vida de cada um, com frustrações e conquistas, derrotas e vitórias estão na websérie “Encontre a sua verdadeira natureza”, projeto de branded content da Jeep em parceria com o G.Lab da Editora Globo. O conteúdo foi desenvolvido pela agência F.biz e a estratégia digital idealizada pelo “C.R.I.E”, núcleo de conteúdo e criação da FCA, em parceria com a agência Sunset.

“Esse projeto reforça o posicionamento da Jeep de reunir diversas experiências, plataformas e parceiros em um único lugar, evidenciando o espírito Jeep e os valores universais da marca: aventura, liberdade, autenticidade e paixão. E a parceria com a Editora Globo é uma excelente oportunidade de conversar com os públicos dos canais e revistas da editora ”, diz João Ciaco, diretor de marketing, comunicação e sustentabilidade para FCA Latam.

Na TV são dois filmes para cada personagem, com uma versão para o canal OFF e outra para o GNT. Em todos, os entrevistados chegam aos seus locais de atuação conduzindo o Jeep Compass. Os primeiros vídeos contam a história de Marcelo Rosenbaum, arquiteto criador do Instituto A Gente Transforma, e já estão no ar. Ele explica que utilizou sua experiência com design para investir e fazer com que o artesanato seja uma ferramenta para geração de valor na comunidade de Várzea Queimada (PI). Também dá destaque à dificuldade com a falta de água no sertão.

"Gerar engajamento com as pessoas que consomem um determinado meio é uma das premissas do trabalho de conteúdo desenvolvido pela F.biz. E com o projeto de Jeep não foi diferente. Cada história foi retratada a partir de um ponto de vista próprio e cuidadosamente pensado para cada mídia. Convidamos as pessoas a conhecerem as histórias respeitando a autenticidade de cada plataforma", comenta Alessandro Bernardo, diretor-executivo de criação da F.biz.

Confira um dos vídeos:

Deixe seu comentário: