Y&R passa a atuar também como incubadora de startups

David Laloum, presidente da Y&R, anunciou  na última quarta-feira (6) a criação de um núcleo de startups. A partir de maio, a agência passará a atuar como incubadora para uma seleção de empresas iniciantes, oferecendo coaching, espaço – no formato coworking – e promovendo conexões com os clientes.

De acordo com Laloum, será adotado um sistema "ganha-ganha", tanto para o lado das startups que serão apoiadas pela Y&R, quanto para as marcas dos clientes, que ganham em inovação e novos negócios. "A ‘hospedagem’ de startups é um formato BETA, que será testado e modificado todas as vezes que for necessário. O tempo de permanência delas na agência será randômico, de 3 a 6 meses", complementa o presidente da Y&R.

O novo núcleo será liderado por Pedro Gravena, head of digital and innovation da Y&R – aonde chegou no final de 2015 com a missão de dar maior escala às ações inovadoras criadas pela agência. Seu papel é atuar integrado com todas as áreas, reportando-se ao VP de Criação, Rui Branquinho.

Na visão de Gravena, é por meio da inovação que as marcas podem transformar a vida das pessoas e, ao mesmo tempo, comunicar seus valores. "Nesse aspecto, o que podemos fazer vai desde um simples app, passando por um gadget, até uma plataforma inteira; mas tem que necessariamente carregar os valores das marcas", diz.

Com mais de 15 anos de atuação no mercado publicitário, Pedro Gravena acumula passagens de destaque pela DM9DDB, AgênciaClick, Wieden+Kennedy e FCB Brasil. Nos últimos 10 anos, o profissional contabilizou 42 Leões e 2 Grand Prix conquistados no Festival de Cannes.

Redação Adnews

Deixe seu comentário: