Livros são simplificados e facilitam leitura para quem tem Alzheimer

O que fazer para que ajudar pessoas com demência a continuar lendo por mais tempo possível? Essa foi a pergunta que levou a ONG Alzheimer League Flanders a pensar em um projeto que ajudasse pessoas com a doença a continuarem praticando a leitura, um hábito tão saudável, mas que requer alguns esforços  cognitivos.

Com a ajuda da DDB Bruxelas, surgiu o Simplified Stories. A proposta nada mais que reescrever livros de forma simplificada, de modo a facilitar o acesso à leitura para pessoas com Alzheimer e estimular a manutenção do hábito. Como a doença prejudica principalmente a cognição, ler grandes e complicados textos se torna cada vez mais difícil com o avançar do quadro. Simplificar as histórias, portanto, pode ser a saída perfeita para ajudar essas pessoas.

No primeiro livro do projeto, a biografia do rapper "Maestro Stromae", aproximadamente 8 mil palavras foram retiradas, simplificando a leitura sem comprometer o conteúdo da história. A fonte e toda a diagramação do livro também foram adaptadas para se tornarem mais simples. Os livros estão sendo vendidos em livrarias da Bélgica e a organização pretende lançar novas versões de outras histórias em breve.

Confira a ação no video case abaixo: 

Redação Adnews

Deixe seu comentário: