Marcas estudam o uso de carro autônomo da Toyota

toyota abre
Foto: Rick Wilking/Reuters

A Toyota aproveitou a CES para mostrar um novo conceito de veículo que a marca pretende disponibilizar para os Jogo Olímpicos de Tóquio, em 2020. Batizado de E-Palette, a minivan faz entregas de qualquer produto ou serviço sem qualquer auxílio humano durante o trajeto.

São três versões de quatro até sete metros que levam em consideração as funções desejadas pelo cliente. Seria possível, por exemplo, entregar pizzas, funcionar como sala/clínica médica, hotel e também para aquela “carona compartilhada”, como acontece com Uber ou 99.

O veículo é 100% elétrico e tem piso plano e bastante baixo, o que facilita a instalação de equipamentos em seu interior ou a criação de cabines confortáveis para passageiros.

O projeto também aborda um novo posicionamento, que para o presidente Akio Toyoda é “um exemplo da visão da Toyota quanto à mobilidade”.

A Pizza Hut já demonstrou interesse em possuir a novidade assim que sair do papel. A chinesa DiDi, que recentemente comprou o 99, a Amazon, e a Uber também não ficaram para trás.

 

Deixe seu comentário: