Todos os países possuem diretrizes para proteger o criador de conteúdo, e a União Europeia esta mudando suas leis e alguns cidadãos não estão contentes com algumas dessas mudanças. Websites e empresas na Europa estão protestando contra essas alterações de direitos autorais online.

A votação final será dia 26 de março e vários sites como Wikipédia estão sendo desativados durante o dia. Outros como Twitch e Pornhub estão exibindo banners de protesto em suas redes sociais e sites.

A lei é a Diretiva de Direitos Autorais da União Europeia, que embora tenha diversas alterações para a era da internet, duas disposições foram apontadas pelos críticos como potencialmente perigosas. Como o Artigo 11, que permite que detentores de direitos cubram plataformas se algo for vinculado às suas criações, e o Artigo 13, que torna as plataformas legalmente responsáveis pelo conteúdo que seus usuários carregam.

Além do protesto que atingiu a Wikipédia alemã, tcheca, dinamarquesa e eslovaca, mais de cinco milhões de usuários da internet assinaram uma petição protestando contra o Artigo 13. Para assinar o abaixo assinado é só clicar aqui.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald

AdInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo