Coca-Cola derruba “primeira impressão” em filmes sobre o preconceito

Campanha criada pela Cyranos McCann, explora histórias por trás dos esteriótipos

Imagine um homem tatuado, calvo, com barba e jaqueta de couro. Provavelmente você se surpreenderia ao descobrir que este é o perfil de um tutor social de crianças, e não de um motoqueiro rockeiro.

Conhecida por explorar a felicidade, a Coca-Cola resolveu ir mais fundo e abordar uma problemática em sua nova campanha: o preconceito.

A marca partiu da premissa de que o principal motor da desigualdade no mundo é a aversão ao diferente e para combatê-lo é preciso enfrentar a si mesmo.

Assim, foi lançada a campanha "Vamos dar um segundo extra", contendo uma série de vídeos que convidam as pessoas a descobrirem seus preconceitos e assim, derrubá-los. 

O carro-chefe da série de quatro vídeos foi nomeado como "Experiment". Nele, é exibido o resultado de um método que desconstrói as primeiras impressões de voluntários que analisam retratos de pessoas desconhecidas. 

"Nossa missão na Coca-Cola é a de inspirar momentos de felicidade, e hoje podemos conseguir isso graças a uma campanha que nos convida a tomar um segundo extra para se livrar de preconceitos e estereótipos, e assim conhecer as pessoas ao nosso redor apreciando sua singularidade", disse Guillermo Giménez y Brotons, diretor de comunicação da Coca-Cola sul-americana.

Outros dois vídeos retratam histórias reais de uma avó e uma modelo cujas experiências pessoais mostram que por trás de suas aparências existem histórias que vale a pena conhecer.

Loira:

Avó:

Por fim, o vídeo que completa a campanha apresenta um grupo de crianças em fase escolar, todas taxadas por estereótipos como nerd, patricinha e perdedor. Como melhor sabe fazer, a Coca-Cola mostra através de momentos de alegria que suas vidas vão muito além do preconceito.  

"Vamos dar um segundo extra" é uma campanha global criado pela agência espanhola, Cyranos McCann, e está disponível nas plataformas online da Coca-Cola.

Bônus: A Cola-Cola também liberou um mini-documentário contando um pouco mais da história da vovó paraquedista.

Confira:

Redação Adnews

Post anterior

Rei do Blues já foi trilha de muitas campanhas

Próximo post

Catálogo de móveis aborda violência doméstica em campanha

Posts Relacionados