A GMD, agência full service de marketing com sedes no Brasil e no México, assumiu no final do ano passado  a criação e produção de conteúdo audiovisual de Xbox, divisão gamer da Microsoft, para o Brasil. O trabalho inclui uma série de programas transmitidos via Facebook, Twitch, Mixer e YouTube da marca.

Lucas Patrício, foto de divulgação

Lucas Patrício, CEO da GMD, realizou uma entrevista exclusiva para o Adnews com base na trajetória da agência, conteúdos, estratégia de marketing e mais. Confira abaixo na íntegra:
Como foi realizada a montagem do estúdio?

Viemos para este local quando ele era apenas um estúdio fotográfico. Começamos a adaptar tudo, reformamos, montamos uma estrutura de estúdio mesmo. No andar de cima criamos um espaço de escritório compartilhado pra equipe. Hoje estamos com quase 40 funcionários no Brasil e mais 10 no México

As produções são focadas em qual segmento?

Trabalhamos hoje com três verticais principais: games, tecnologia e entretenimento. São nossas principais, mas não limitadoras. Na realidade nos classificamos como agência de estratégia e conteúdo, focado em branding content principalmente.

Quais são as marcas principais da agência?

Xbox, Stock Car, Ubisoft, HyperX, Kingston entre outras. Também atendemos a Bandai Namco, que é uma produtora japonesa de jogos, e realizamos todos os lançamentos dele no Brasil. Fora outros projetos com a Blizzard.

Como funciona a parte de social media da empresa? Acham que a estratégia nas redes ajuda no engajamento?

Quando realizei meu TCC, o Facebook não tinha páginas profissionais, eram páginas sem divisão Business definida, então era tudo um grande estudo sobre como as redes poderiam ajudar o marketing e para a comunicação como um todo. Conforme fomos trabalhando com redes sociais, percebemos que as plataformas são um grande ponto novo da publicidade focado em conteúdo.

Acho que conhecer os canais e os conteúdos envolvidos é extremamente importante para ser efetivo. A GMD evoluiu para um ponto com controle de estratégia e conteúdo. Resolver desafios e problemas por meio do conteúdo, no caso. Acreditamos que a publicidade atual e o conteúdo são fortes sinais para trabalhar com obstáculos como: publico final, mensagem e branding. Somos muito focados no digital e evoluímos dentro deste meio. Somos ágeis para mudança de estrutura.

Para a GMD, qual a visão do mercado de games atual?

Para nós é extremamente natural. Mantemos contato com agências mais tradicionais que relatam problemas para se adaptar com essas mudanças por seguirem modelos de negócios antigos. Agências estão acostumadas a trabalhar com mídia e investimento… E hoje é diferente… As empresas não investem mais em mídia e isso impactou muito o mercado de entretenimento, acelerando muito a necessidade de conteúdo e produção.

Quando começamos com esta área de entretenimento, os objetivos já eram visados de forma diferente, participando ativamente das estratégias. Para nós a principal mudança foi o foco de investimento, que impacta diretamente os prestadores de serviço. Para nós não foi tão ruim, pois nascemos nesta mudança.

Confira abaixo o canal da Xbox Brasil:

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especial Google

+ Ver mais

Quer falar com mulheres? Olhe para os dados, não para os estereótipos

por Artigo de Kate Stanford, diretora global de marketing e publicidade no Youtube

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald