Pare e pense por alguns segundos: qual foi a última vez que você decidiu comprar um carro, uma moto ou um apartamento e realmente teve uma experiência de compra memorável? Sabe aquele processo de experimentação que, se não te fez investir naquele momento, pelo menos elevou definitivamente o tal share of mind da marca ou do produto em sua cabeça? Se nenhum exemplo recente foi lembrado (e é bem provável que não), é um enorme sinal da oportunidade e o potencial de ações do gênero. Quer ver três ideias geniais dentro deste contexto? Confira os cases abaixo selecionados pelo professor da ESPM, Ricardo Haas Tarabay: 

Um test ride como deveria ser feito. Essa é a proposta da ação“The Real Test Ride” criada pela Moma para a Harley-Davidson. Um cliente chega a uma concessionária e é convidado a fazer um trivial teste em uma das motocicletas. No meio do trajeto ele se depara com 60 motoqueiros que passam a fazer todo o caminho ao seu lado, como se ele fosse parte desse grupo:

Nesta ação para a empreiteira de apartamentos Carvalho Hosken, o trabalho de CRM mostra toda a sua força. Nela, a Artplan coletou informações pessoais das famílias que visitam os modelos decorados para proporcionar uma experiência absolutamente inusitada:

Assinada pela Grey Brasil, a Volvo promoveu a ação “Test Drive Troll”. Nela, a marca “invade” o test drive de concorrentes para informar ao consumidor sobre o carro e convidá-lo para um test drive da marca também:

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especial Google

+ Ver mais

Quer falar com mulheres? Olhe para os dados, não para os estereótipos

por Artigo de Kate Stanford, diretora global de marketing e publicidade no Youtube

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald