Amigos transformam pegadinhas do Sílvio Santos em cases para Cannes

Moeme

Que as Pegadinhas do Sílvio Santos são geniais o Brasil inteiro já sabe, mas e se toda essa genialidade virasse case e fosse apresentada aos jurados do festival de criatividade mais importante do mundo? Foi a partir dessa indagação que um grupo de criativos brasileiros inventou produtos hipotéticos, inseriu linguagem publicitária nos quadros humorísticos e transformou isso em um plataforma digna de um Grand Prix em Cannes.

Com linguagem superlativa e edição semelhante a dos festivais, os amigos transformaram uma pegadinha em que é passada cola no chão em uma campanha da Nike que destaca os prazeres de poder correr. Em outro case fictício, a Peta, organização de proteção aos animais, boicotou o Ivo Holanda em quadro que ele tenta vender linguiças de filhotes de porcos. A espirituosidade é tanta que até o bíblico Moises virou pescador para marca de peixes John West.  

Confira abaixo os divertidos vídeos criados por Pedro Chammé, Matheus Rocha, Rafael Hessel, Lucas Blanco e Ícaro de Abreu (todos da GTB) e de Vitor Fubú, diretor de arte da CP+B:

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário: