“Assista a Esse Livro”: Novo jeito de ler eBooks

assista a esse livro

Globo, Amazon.com.br e Companhia das Letras lançam “Assista a Esse Livro”, um jeito diferente de ler eBooks. A ação seleciona livros publicados pela Companhia das Letras e, então, os disponibiliza, com trechos e links de pequenos vídeos das séries e novelas produzidas e transmitidas pela Globo. Os eBooks estão disponíveis na Loja Kindle na Amazon.com.br e os consumidores podem lê-los em qualquer smartphone, tablet ou computador usando o aplicativo gratuito de leitura Kindle. 

A ideia de “Assista a Esse Livro” é criar uma experiência de leitura única, que une obras literárias e produções televisivas. Clicando no ícone “Play”, que acompanha alguns trechos do livro digital, os leitores poderão assistir às cenas correspondentes da produção para a TV enquanto estão conectados à internet. Todas as cenas selecionadas estão reunidas em uma lista ao final de cada eBook.

Cada livro digital contém links de vídeos com duração de até um minuto. Eles se conectam as novelas (que por sua vez tem origens nos livros), o intuito é converter telespectadores em leitores: “Histórias incríveis já foram escritas. Nós tivemos a ideia de fazer essa ligação com a literatura em um projeto voltado para o futuro, onde nós poderemos transformar telespectadores em leitores”, declara o diretor de comunicação da Globo, Sergio Valente. “Nós queremos incentivar os brasileiros a ler, levando as nossas séries mais famosas - e baseadas em livros - de volta para os livros”.

Os consumidores já podem baixar grandes títulos, como Gabriela Cravo e Canela, escrito por Jorge Amado e transformado em série por Walcyr Carrasco; Dois Irmãos, escrito por Milton Hatoum e adaptado para TV por Maria Camargo; As Relações Perigosas, escrito por Choderlos de Laclos e adaptado por Manoela Dias; e O Canto da Sereia), escrito por Nelson Motta e transformado em série por George Moura e Patrícia Andrade. Os eBooks estão disponíveis aqui.

Matinas Suzuki Jr, diretor executivo da Companhia das Letras, acredita na importância da veiculação dos contos pela rede: “A Globo faz um trabalho importante e de alta qualidade em suas adaptações literárias para a TV. Trata-se de uma atividade essencial para a divulgação dos livros no Brasil, um país de poucos leitores. A Companhia das Letras se sente honrada de ter sido convidada a participar desse projeto junto com a Amazon”, ponderou Matinas.

 

 

Deixe seu comentário: