Restaurante faz blackface em empregada para anunciar pizza

dsa

O blackface é uma prática teatral racista que atores se coloriam com carvão de cortiça para representar personagens caricatos nos Estados Unidos. Resultado da propaganda preconceituosa, a forma de se apresentar marcou o início do século XX aparecendo em teatros, imagens, cinema e filmes até ser banido pelo Movimento dos direitos civis dos negros em 1960.

Famosa pelo seu racismo, a atividade é cada vez mais condenada e desencorajada por tudo que ele significa, mas, infelizmente, algumas marcas parecem esquecer (ou desconhecer) o significado da maquiagem e refazem as mesmas “piadas” contadas há 100 anos.

A última envolvida na problemática da representação foi o restaurante Forno de Pizza localizado na cidade de Campina Grande.  Com um filme publicitário anacrônico, a pizzaria apresenta uma patroa branca sentada no sofá com iPhone enquanto sua empregada “Nega Wal” dança na cozinha enquanto lava a louça.

Fixada na fanpage oficial do Facebook, a peça é alvo de comentários descontentes com a produção. Confira abaixo a publicação completa:

Deixe seu comentário: